Por mais matches no Tinder, holandês aciona justiça para ficar 20 anos mais novo

Tudo sobre

Tinder


Quem nunca mentiu ou encontrou quem mentisse a idade no Tinder, que atire o primeiro unlike. Um homem na Holanda, porém, está levando isso tão a sério que está movendo uma ação no sistema judiciário do país para que as autoridades mudem a sua data de nascimento para 20 anos depois da realidade, efetivamente deixando-o duas décadas mais jovem. Os objetivos dele seriam os de conseguir melhores oportunidades de trabalho e aumentar seu volume de matches no aplicativo de paquera.

Emile Ratelband, um coach motivacional de 69 anos, gostaria de rejuvenescer (ao menos, em sua documentação) para os 49, alegando que isso lhe traria diversos benefícios. “Quando fiz 69 anos, fiquei limitado. Se eu tivesse 49, poderia comprar uma casa nova, dirigir um carro diferente. Poderia trabalhar mais”, diz ele, que é aposentado, mas está disposto a abrir mão do benefício se conseguir seu objetivo. “Quando estou no Tinder e digo que tenho 69 anos, ninguém me responde. Quando eu tiver 49, com o rosto que tenho, ficarei em uma boa posição”, diz ele.

Assista Agora: Descubra o jeito certo de criar verdadeiros times de alta-performance e ter a empresa inteira focada em uma única direção.

Ratelband ainda cita exames clínicos que apontam que sua saúde não condiz com a sua idade: “meu médico disse que tenho corpo de um homem de 45 anos”. Ele se descreve como um “jovem deus”. Por mais cômica que possa parecer a situação, Ratelband é bem sério em seu pedido: “Nós vivemos em uma época em que é possível mudar de gênero e de nome. Por que não posso mudar minha idade?

Entretanto, especialistas enxergam com descrença a possibilidade de o judiciário holandês cumprir com o que pede o coach. De acordo com um dos juízes envolvidos no caso, o pedido não pode ser acatado devido à impossibilidade de justificar os 20 anos ausentes da história de Emile: “O que seus pais estariam fazendo na época que você era um garotinho? Quem era esse menininho?”

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *