Mesmo com Project Treble, atualizações do Android continuam demorando

A Google fez a sua parte quando anunciou o Project Treble no começo de 2017. Com essa novidade, o Android seria dividido em “várias camadas” para que as fabricantes de smartphones não precisarem reconstruir todo o SO para cada smartphone que desejassem atualizar.

Elas deveriam trabalhar apenas em algumas partes mais básicas e, com isso, lançar atualizações de versão pelo menos um mês antes do normal. Só que, no fim de 2018, não vemos nada disso surtindo efeito.

Mas o que será que pode ter acontecido? O Treble não funciona? Nada disso. O Android Pie 9.0 foi lançado oficialmente em agosto deste ano e, já em setembro, a OnePlus começou a atualizar o OnePlus 6 para esse novo sabor do Robô. Desde então, Sony e Nokia também já atualizaram vários modelos.

OnePlus 6OnePlus 6 foi um dos primeiros smartphones a receber o Android Pie, fora, claro, os da Google (fonte: 9to5Google)

Só que as grandes marcas de verdade simplesmente não parecem interessadas em trabalhar mais rapidamente na distribuição de atualizações. Em vez de usarem o tempo extra que o Treble garante no desenvolvimento de atualizações, as fabricantes parecem empenhadas em outros objetivos.

A Samsung, por exemplo, resolveu refazer toda a sua interface (que estava precisando de uma remodelada mesmo) e, por isso, só vai começar a distribuir o Android Pie para seus top de linha em janeiro de 2019, nada menos que seis meses depois de SO ter sido liberado oficialmente pela Google.

Isso sem contar que a Google trouxe várias fabricantes para dentro do processo de desenvolvimento do Android Pie. A ideia era de que, com acesso antecipado, algumas fabricantes pudessem ir adiantando o trabalho de atualização de seus dispositivos para o novo Android.

Nem mesmo o OnePlus 5T ganhou o Android Pie

Mesmo assim, as atualizações ainda não vieram. Nem mesmo o OnePlus 5T ganhou o Android Pie. A OnePlus afirma que está trabalhando no software, mas que só fará o lançamento em dezembro deste ano ou janeiro do ano que vem.

A Xiaomi já atualizou alguns tops de linha como o Mi Mix 2S, mas nada chegou à grande base de intermediários da empresa. Outras grandes marcas sequer têm previsões concretas para atualizar intermediário ou mesmo seus tops de linha.

googleOreo conseguiu avançar muito bem um ano após seu lançamento, mas Android está mais fragmentado do que nunca com Nougat, Marshmallow, Lollipop e KitKat ainda muito relevantes (fonte: Google).

Por isso, o Android Pie ainda não representa sequer 0,1% de todo o mercado de smartphones Android em atividade, mesmo três meses após seu lançamento em versão final e estável. No momento, a versão Nougat (7.0 e 7.1), de 2016, está instalada em 28,2% de todos os Android ativos no mundo.

Em seguida, temos o Oreo(8.0 e 8.1), de 2017, com 21,5%. O Marshmallow, de 2015, ainda está presente em 21,3% e o Lollipop, de 2014, em 17,9%.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *