Cheirar as roupas do parceiro deixa as mulheres mais felizes

Reza a lenda que a rainha Vitória, soberana do grande império britânico no século XIX, separava diariamente as roupas do falecido marido – como se ele fosse usar. Ela se tornou viúva muito cedo, aos 42 anos, e estudiosos afirmam que, até o fim de seus dias, ela arrumou as roupas do amado como uma forma de mantê-lo sempre presente. Mas essa relação com roupas e entes queridos não se restringe à realeza: de acordo com um estudo publicado no periódico Journal of Personality and Social Psychology, o cheiro da vestimenta do parceiro pode, sim, ter um efeito calmante em mulheres.

O departamento de psicologia da Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, descobriu que a mulherada tem seu nível de stress reduzido depois de sentir o cheiro do marido ou namorado. Por outro lado, quando apresentadas ao odor de um estranho, o efeito parece é o oposto: os níveis de cortisol, hormônio do stress, aumentam.

Para fazer o teste, os pesquisadores recrutaram 96 casais heterossexuais. Os homens receberam uma camiseta limpa para usar por 24 horas e foram orientados a não usar produtos como desodorantes ou perfume, fumar e comer certos alimentos que pudessem afetar seu aroma. Depois da experiência, as camisetas foram congeladas para preservar o cheiro.

Já as mulheres foram designadas a cheirar uma camiseta aleatória, que poderia ser do parceiro delas ou não, antes e depois de fazerem um teste de stress – que envolvia uma entrevista de emprego simulada e um exercício mental de matemática. As participantes responderam ainda a perguntas sobre o quão estressadas se sentiam, além de passarem por uma coleta de saliva – usada para medir o nível de cortisol.

Os resultados mostraram que aquelas que cheiraram a camisa do parceiro sentiam-se menos estressadas antes e depois dos testes. Por outro lado, quem teve que cafungar a roupa de um estranho tinha níveis mais altos de cortisol. Moral da história: o odor do parceiro realmente é relaxante para elas.

Mas, a pergunta que não quer calar é: isso funciona para homens também? O psicoterapeuta e psicólogo Peter Klein disse ao The Guardian que… não muito: “Você frequentemente ouve falar de uma mulher vestindo uma camiseta do parceiro, mas raramente vê um homem usando a camiseta da namorada. Pesquisas sugerem que as mulheres têm um senso de olfato melhor desenvolvido e os homens são mais visualmente estimulados, então eles seriam mais propensos a relaxarem ao ver as roupas de suas parceiras, e não cheirá-las”.

via Superinteressante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *