Análise de teardown mostra que Mac mini 2018 é mais fácil de reparar

Tudo sobre

Apple


Se você está considerando comprar o modelo de 2018 do Mac mini saiba que ele pode ser bem mais simples de consertar do que sua antiga versão de 2014. O pessoal do iFixit fez o teardown do aparelho e descobriu que algumas escolhas de design e a opção de RAM em soquetes pode ajudar, e muito, na hora de fazer reparos de hardware.

O teardown nada mais é que uma análise em que os técnicos abrem um dispositivo e observam seus componentes, design e escolhas dos fabricantes. O modelo de 2018 já ganha só pela forma como se abre: após retirar a traseira do aparelho, é extremamente fácil empurrar a placa lógica toda de uma vez sem precisa de ferramenta extra.

De cara, já é possível perceber que a memória RAM está protegido por uma grade para evitar até mesmo interferência eletromagnética. A vantagem aqui é que a placa RAM não é soldada, como nas versão de 2014, mas com soquetes que não só facilitam para tirar como permitem que você troque a memória sem dificuldade. Outra peça que pode ser facilmente retirada é a fonte de 150 watts caso seja preciso trocá-la.

Assista Agora: Saiba quais são os 5 maiores problemas das empresas brasileiras e comece 2019 em uma realidade completamente diferente.

Placa RAM agora tem soquetes removíveis (Foto: iFIxit)

O iFixit, como sempre, também mostra quais são cada um dos componente do Mac mini de 2018. A análise completa está no site, que também recomenda todas as ferramentas que você precisará usar para abrir um aparelho destes.

Fonte: iFixit

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *