Novos detalhes sobre o chipset do Galaxy S10 são revelados

De acordo com o conhecido vazador de informações no Twitter, Ice Universe, a Samsung estaria trabalhando em algumas mudanças no chipset mobile que deve equipar os próximos top de linha da marca.

Essa deve ser a primeira vez que a Samsung tem núcleos ARM realmente personalizados em chip Exynos e, por isso, a empresa estaria dando um nome especial para esses núcleos: Cheetah.

Não sabemos, contudo, se esse nome se refere aos núcleos de processamento principais do novo Exynos (provavelmente o 9820) ou aos núcleos de processamento de redes neurais, que deve assumir as tarefas de inteligência artificial e aprendizado de máquina nos novos celulares.

Considerando a indicação do Ice Universe que se esse nome será dado aos núcleos conhecidos atualmente como “M4”, entretanto, podemos assumir que estamos falando dos cores principais.

Infelizmente, apenas esse nome não diz muito sobre o novo chip, mas rumores anteriores sobre esse Exynos 9820 já indicavam que ele teria um coprocessador dual-core para IA, indicando mudanças no processo de fabricação de chips da Samsung.

Seja como for, a Samsung, com isso, entra para o clube das marcas que trabalham de forma mais profunda com seus chipsets. A Qualcomm tem os núcleos Kyro em seus Snapdragon e vem conseguindo excelente desempenho real de eficiência emergência com eles.

Espera-se que os Galaxy S10S10+ sejam os primeiros smartphones da empresa a trazer o novo chipset com esses núcleos personalizados. Os celulares devem chegar ao mercado entre o primeiro e segundo trimestre de 2019.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *