Facebook bloqueia contas por comportamento suspeito nas eleições dos EUA

Nesta terça-feira (6) estão ocorrendo as eleições de meio mandato de 2018 dos Estados Unidos. Porém, apenas algumas horas depois da abertura das urnas, o Facebook anunciou que bloqueou cerca de 30 contas na rede social, enquanto que o Instagram bloqueou outras 85. O argumento é que esses perfis estavam se “comportando de maneira coordenada e não autêntica”.

A dica sobre essas contas parece ter sido dada às agências policiais dos Estados Unidos na noite de domingo (4). Enquanto isso, o Facebook diz que ainda está investigando as contas bloqueadas, e, embora a empresa não tenha divulgado explicitamente o que esses perfis fizeram ou quantas pessoas alcançaram, a notícia deixa a entender que foram questões de influência política, as quais podem afetar o processo eleitoral.

As preocupações com os efeitos que os discursos e notícias políticas em redes sociais causam sobre as pessoas têm aumentado muito desde o ciclo eleitoral e o Facebook parece engajado em mostrar ao seu público e ao seu país que se importa com esse tipo de comportamento dentro de suas principais plataformas.

As páginas suspeitas que foram bloqueadas eram, em sua grande maioria, de origem francesa e russa, de acordo com o Facebook, enquanto que os perfis do Instagram eram em grande parte ingleses. Contudo, a companhia ainda precisa confirmar a origem das contas e, inclusive, averiguar se elas estão vinculadas a qualquer grupo de interferência externa, tal como a Agência de Pesquisa da Internet da Rússia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *