Performance do iPhone Xr é idêntica à do iPhone Xs, confirma teste de benchmark

Apesar de o iPhone Xr ser o mais acessível da família, já era esperado que seu desempenho fosse equivalente ao do iPhone Xs — afinal, ambos contam com o poder de fogo do mesmo chip A12 Bionic em seu hardware. Mas, agora, testes de benchmark comprovam que a performance dos dois modelos é mesmo idêntica.

Tal chip faz com que o desempenho dos novos iPhones seja 10% mais veloz do que o apresentado pelo iPhone X, lançado em 2017 e que chegou custando ainda mais caro do que os aparelhos atuais da Apple, por sinal. E em um dos testes de benchmark realizados, podemos ver que o desempenho da GPU é cerca de 40% mais rápido nesta geração atual do que o observado no iPhone X.

Ainda, o iPhone Xr ganhou mais pontos no teste de GPU do que seus irmãos Xs e Xs Max, e isso provavelmente acontece por conta de sua tela, que tem uma resolução mais baixa. Os testes gráficos são renderizados na tela, e não em uma resolução fixa ou fora dela e, por isso, a GPU do A12 Bionic acaba tendo taxas de quadros mais velozes no Xr, pelo fato de o chip precisar renderizar cerca de 85% mais pixels no Xs e 125% mais pixels no Xs Max, em comparação com o Xr.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

E se sua prioridade na hora de escolher um novo iPhone é a duração da bateria, você também vai ficar satisfeito com o Xr: os testes mostram que a bateria do modelo mais acessível da Apple durou 19 minutos a mais do que o Xs Max, e mais de uma hora a mais do que o Xs. Já traduzindo esses testes para situações reais, vivenciadas pelo usuário comum, essa diferença entre os modelos pode ficar em algo equivalente a de 30 a 45 minutos mais bateria com o iPhone Xr em relação ao Xs Max, e duas horas a mais do que o iPhone Xs.

E os dados impressionam ainda mais ao comparar o iPhone Xr com o iPhone 7 Plus, cujas baterias têm quase o mesmo tamanho, e ambos possuem tela LCD com área total similar. No Xr, que tem display um pouco maior, a bateria dura cerca de uma hora e 45 minutos a mais do que o 7 Plus — o que representa uma melhoria de aproximadamente 45% na duração da bateria, com um display ligeiramente maior.

Finalizando o que os testes de benchmark mostraram com relação ao iPhone Xr, consta ainda que a velocidade na abertura de aplicativos, aqui, está em pé de igualdade com o apresentado pelo Galaxy Note 9 da Samsung, mostrando que o smartphone “mais básico” da Apple é, na verdade, um aparelho poderoso e que custa menos dinheiro do que seus irmãos maiores.

Fonte: 9to5Mac

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *