Morre o Mario que serviu como inspiração para o nome do mascote da Nintendo

A criação do Super Mario é um dos momentos mais importantes da história dos videogames, mas ele poderia ser conhecido de uma forma diferente não fosse por um homem. Não estamos falando de Shigeru Miyamoto, mas sim, de Mario Segale, que faleceu no dia 27 de outubro, nos EUA.

Quando Shigeru Miyamoto criou Donkey Kong, o Mario ainda era apenas Jumping Man e sua namorada se chamava apenas Lady. A Nintendo não gostava da ideia de os personagens não terem nomes, o que acabou criando um problema para Miyamoto. É aí que surge Mario Segale.

Segale era um profissional com uma empresa que alugava terrenos e edifícios em Tukwila, em Washington. Quando a Nintendo of America precisava de instalações na cidade, foi Segale que alugou o armazém para a empresa. Pelo seu contato com os desenvolvedores, Miyamoto gostou do nome de Mario e resolveu usá-lo para seu Jumping Man, enquanto Lady virou Pauline por causa da esposa de um dos funcionários da Nintendo na época.

Durante o resto da sua vida. Segale tentou se distanciar do fato que era a pessoa que inspirou o mascote da Nintendo a se chamar Mario por ter receio que isso pudesse atrapalhar seu trabalho como corretor de imóveis. Em entrevista em 93 ao jornal Seattle Times, Segale brincou que não queria muita ligação com isso, mas que ainda estava esperando o seu cheque com royalties pelo nome.

Mario Segale tinha 85 anos.

Morre o Mario que serviu como inspiração para o nome do mascote da Nintendo via Voxel

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *