Apple A12X Bionic, do novo iPad Pro, chega perto do Intel Core i7 em benchmark

O novo iPad Pro tem o processador mais rápido já feito pela Apple, e ele chega bem perto do desempenho da Intel. O A12X Bionic tem quase a mesma pontuação de benchmark que o Core i7 usado no MacBook Pro. É uma prévia do que podemos esperar de futuros Macs na plataforma ARM em 2020.

O novo iPad Pro

O novo iPad Pro

Segundo o MacRumors, o novo iPad Pro alcança pontuações single-core e multi-core de 5.025 e 18.106, respectivamente. Enquanto isso, o MacBook Pro de 15 polegadas começa em 4.928 e 21.165 — trata-se do processador Intel Core i7 de oitava geração com seis núcleos de 2,2 GHz.

O chip A12X Bionic tem um processador de 8 núcleos. Segundo a Apple, ele é mais rápido que 92% dos PCs portáteis mais vendidos nos últimos 12 meses. Enquanto isso, o chip gráfico de 7 núcleos promete desempenho semelhante ao Xbox One S.

Essa combinação parece ser mesmo impressionante. Na keynote da semana passada, vimos uma representante da Adobe editar um arquivo de 3 GB do Photoshop no iPad Pro. Ele não sofreu nenhum engasgo, mesmo lidando com uma imagem de 12.000 x 12.000 pixels com dezenas de camadas.

Apple deve lançar MacBooks sem chips da Intel em 2020

A Apple vem fazendo diversas comparações entre o iPad e laptops com Windows. Na apresentação do novo iPad Pro, ela disse que sua linha de tablets ultrapassou as vendas de notebooks da HP, Lenovo e Dell. Ainda assim, o iOS não tem a mesma versatilidade que um sistema operacional feito para desktops.

Claro, os processadores da Apple não ficarão restritos a iPhones e iPads. Diversos rumores dizem que a empresa vai lançar MacBooks sem componentes da Intel em 2020.

Ela estaria trabalhando em um projeto chamado Kalamata, com o objetivo de adaptar o macOS para a plataforma ARM. Além disso, ela abriu um laboratório nos EUA e contratou ex-funcionários da Intel para trabalhar em chips personalizados.

Segundo o analista Ming-Chi Kuo, a Apple não precisaria mais depender do cronograma de lançamentos da Intel, e teria maiores margens de lucro adotando chips próprios. Quanto ao desempenho para os usuários, o A12X Bionic mostra que isso não deve ser um problema.

Apple A12X Bionic, do novo iPad Pro, chega perto do Intel Core i7 em benchmark

via Tecnoblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *