Crise? Vendas de smartphones novos estão em queda há 12 meses

A empresa de consultoria de mercado Strategy Analytics divulgou dados sobre uma análise das vendas mundiais de smartphones. De acordo com a entidade, este é o quarto trimestre consecutivo em que as demandas por smartphones estão em queda, tendo chegado a 360 milhões de unidades comercializadas no terceiro trimestre. No período de um ano, isso representa uma baixa de 8 por cento.

A Samsung ainda é a líder. Com 20 por cento de participação de mercado, ela vendeu 72,3 milhões de unidades no trimestre, uma queda de 13 por cento em relação ao mesmo período do ano passado. A razão do declínio não chega a ser uma novidade. Basta prestarmos a atenção na quantidade de vídeos sobre modelos chineses postados por YouTubers de todo o mundo. China e Índia são os mercados onde mais a Samsung perdeu força.

Em segundo lugar vem a Huawei, com quase 52 milhões de unidades vendidas. O crescimento foi de 32 por cento em 1 ano, que lhe rendeu uma participação de mercado de 14 por cento.

A Apple ficou com o terceiro lugar, mantendo sua taxa de crescimento praticamente inalterada. Foram 46,9 milhões de iPhones vendidos e 13 por cento de market share. É compreensível a variação mínima na participação da Apple, pois a taxa de migração iOS x Android e bem menor que entre as marcas que só trabalham com Android.

Em quarto e quinto lugar ficaram, respectivamente, a Xiaomi e a Oppo. Suas vendas e participações de mercado foram 33 e 31,2 milhões de unidades, com 9,2 e 8,7 por cento do total de market share.

Talvez seja por isso que algumas empresas tenham interesse em lançar gadgets com telas dobráveis nos próximos meses, já que muitos clientes têm reclamado de falta de inovação e, por isso, podem estar aguardando algo realmente novo para investir seu dinheiro.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *