Relatório financeiro da FitBit mostra que empresa está pronta para sair da crise

Depois de alguns anos bem difíceis, a FitBit finalmente parecer estar colocando as finanças da empresa nos eixos. De acordo com o relatório financeiro do terceiro trimestre da fabricante de pulseiras fitness, a empresa teve um aumento nos rendimentos de U$ 393,6 milhões em comparação com o mesmo período do ano passado.

Mesmo que esse valor tenha significado que a empresa fechou mais um trimestre no prejuízo, fica bem nítido que ela está no caminho certo. Afinal, o prejuízo deste trimestre ficou em apenas U$ 2,1 milhões, bem menor do que os R$ 113,4 milhões de prejuízo que ela havia tido no mesmo período do ano passado.

O principal motivo para essa virada na empresa é a venda de smartwatches. Desde que lançou o Ionic em agosto de 2017, a empresa tem pegado uma fatia cada vez maior deste mercado, e se tornou uma das principais empresas do setor com o lançamento do Versa, sucessor do Ionic que é um dos aparelhos de maior sucesso da história da companhia.

Pela primeira vez desde 2016, a empresa obteve lucro caso se adeque o cálculo para compensar as ações dadas a funcionários como forma de pagamento, com 49% de sua receita proveniente das vendas de smartwatches, sendo hoje a segunda maior empresa do segmento nos Estados Unidos — atrás apenas da Apple. A expectativa é de que já no próximo trimestre a empresa consiga mostrar lucro real em seus resultados, sem precisar alterar a base de cálculo para mostra que não está perdendo dinheiro.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *