Atualização de 2020 do Windows terá nome inspirado em filmes da Marvel

De acordo com Mary Jo Foley, jornalista dos Estados Unidos que tem acesso privilegiado a informações da Microsoft, a empresa deverá mudar a nomenclatura de suas atualizações do Windows já a partir do ano que vem, e uma das próximas versões do sistema operacional poderá ter um nome inspirado pelos filmes e quadrinhos da Marvel.

Numa estratégia para aproximar o time de desenvolvimento do Windows à equipe de serviços em nuvem da empresa, a Microsoft passará a adotar a mesma nomenclatura usada pela Azure, que utiliza metais da tabela periódica. A atualização na qual a empresa vem trabalhando hoje, que será lançada em abril de 2019, já é tratada pelo time da Azure pelo nome de “Titanium”, mas como a equipe da Microsoft já utilizava há algum tempo a nomenclatura 19H1, eles deverão utilizar o nome baseado em metais da tabela periódica apenas na próxima atualização do Windows, que, seguindo a lógica da Azure, irá ser chamada pelos funcionários da empresa de “Vanadium” (baseada no 23º elemento da tabela periódica, o Vanádio).

Só que seguir esse padrão traria um problema para a empresa na atualização logo após essa, que é prevista para ser lançada no início de 2020: o próximo elemento na tabela é o Crômio (“Chromium”, em inglês), e chamar a atualização de Windows 10 Chromium seria uma piada pronta para a empresa, já que o Chromium é o nome de um sistema de código aberto que serve de base para o desenvolvimento do navegador Chrome e do sistema operacional Chrome OS — ambos da Google.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para evitar esse problema e, ao mesmo tempo, não atrapalhar o esquema de nomenclatura tendo que pular um elemento da tabela, a equipe da Microsoft resolveu que irá substituir o Crômio por um elemento fictício que é velho conhecido daqueles que gostam de histórias de super-heróis: a empresa irá adotar o nome “Vibranium”, conhecido por ser o metal fictício do qual é feito o escudo do Capitão América e a armadura do Pantera Negra.

Essa não será a primeira vez em que a Microsoft adota nomes baseados na cultura pop. A versão de lançamento do Windows 10 e a primeira atualização do programa eram conhecidas internamente como “Threshold 1” e “Threshold 2”, em homenagem ao planeta do primeiro jogo da série Halo. Após isso, desde a atualização do primeiro aniversário do programa até a mais recente (Outubro de 2018) elas foram identificadas de “Redstone 1” a “Redstone 5”, sendo que Redstone é um elemento utilizado para a criação de circuitos eletrônicos e encontrado no jogo Minecraft.

Vale lembrar que todos esse nomes são utilizados apenas internamente pelos desenvolvedores, para facilitar uma identificação mais rápida sobre cada versão. Quando estes programas são lançados a público, a Microsoft prefere utilizar uma nomenclatura mais direta, como, por exemplo, “Atualização de Outubro de 2018” — nome da atualização mais recente do Windows 10.

Fonte: How To Geek

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *