60% dos usuários Apple já usam iOS 12; Android Pie é usado apenas por 0,1%

De acordo com os últimos dados sobre as versões mais utilizados dos dois principais sistemas operacionais para dispositivos móveis, a Apple tem ganhado de lavada da Google no quesito de penetração da versão mais atualizada do sistema operacional.

Os dados mostram que 60% dos dispositivos da Apple já estão utilizando o iOS 12, enquanto menos de 0,1% dos aparelhos Android operam com o Pie. Os números foram coletados praticamente na mesma época por ambas as marcas (a Google utilizou dados coletados até o dia 26 de outubro, enquanto a Apple contabilizou os dados coletados até o dia 29 do mesmo mês), então essa diferença não acontece por causa de épocas diferentes. O Pie foi lançado em agosto deste ano, com o iOS 12 chegando em setembro.

Segundo os dados da Apple, as migrações para o iOS 12 acontecem em todos os modelos compatíveis de smartphones e tablets da empresa, mas a adesão é acima da média (63%) em modelos que foram colocados no mercado nos últimos quatro anos. Os números também mostram que a maioria desses usuários já utilizavam o iOS 11 em seus aparelhos, e enquanto o número de usuários dessa versão caiu bastante, o das outras versões mais antigas do iOS se mantiveram praticamente intactos.

Enquanto o iOS 12 já é a versão mais utilizada em dispositivos Apple, no Android a maioria dos aparelhos ainda utiliza o Nougat. O Pie nem aparece na lista (Imagem: Apple/Google)

Já os números da Google mostram um crescimento da penúltima versão do Android, a Oreo, que subiu de 19,2% para 21,5% de utilização entre smartphones Android. Esse aumento fez com que o Pie roubasse o segundo lugar de versão mais usada do Android Marshmallow (que agora tem 21,3%) — mas ainda está bem atrás do Nougat, que continua sendo a versão mais utilizada do Android, presente em 28,2% dos dispositivos. Enquanto isso, o Pie nem aparece na lista, o que significa que a adesão a ele é menor do que 0,1%.

Vale ressaltar, no entanto, que a baixa adesão ao Pie não é "culpa" dos usuários, tampouco significa que o sistema não está sendo aprovado por aí: acontece que a Google lança a nova versão do Android anualmente, e as fabricantes demoram vários meses para personalizar o sistema puro para cada um de seus modelos de smartphones — o que demora um bocado entre o tempo de desenvolvimento, fase de testes e liberação geral. A Sony, inclusive, recentemente elaborou um infográfico explicando todos os passos que a empresa dá entre receber o novo sistema por parte da Google, e lançar suas versões modificadas.

Já o problema não acontece com a Apple, uma vez que o iOS só funciona em seus próprios dispositivos. Ou seja: o sistema, quando lançado ao grande público, já está pronto para ser usado por toda a base de usuários.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *