Intel e Streamlabs anunciam parceria para lançar PCs dedicados ao streaming

A Intel anunciou nesta semana uma parceria com a Streamlabs para a criação de dispositivos que entreguem a performance necessária para transmissões ao vivo e, ao mesmo tempo, simplifiquem e tragam mais qualidade para quem deseja entrar de cabeça nesse segmento. Os aparelhos virão com processadores da fabricante e o software da desenvolvedora, que é o queridinho de quem realiza streaming para o YouTube e o Twitch por trazer ferramentas avançadas e diversas opções de customização, tudo de forma gratuita.

A união entre as duas empresas se relaciona a parcerias mais avançadas, com fabricantes de hardware que levarão, ao mercado, suas soluções focadas no streaming. A maneira como cada uma delas fará isso varia, mas a ideia é que todas as máquinas sejam simples e orientadas para transmissão ao vivo utilizando o Streamlabs OBS sobre processadores Intel i5, no mínimo, de forma a aguentar bem a carga de uma tarefa desse tipo.

O céu é o limite, entretanto, na forma como esses dispositivos chegarão ao mercado. Uma das soluções mais arrojadas já anunciadas, por exemplo, é a da Shuttle, que vai lançar um computador com cara de set-top box e placa de captura integrada, focado em quem usa consoles como o PlayStation 4, Xbox One ou Switch para produzir conteúdo. A máquina também permite a conexão de outro PC, que pode rodar os jogos, enquanto a caixa em questão cuida da transmissão, de forma a reduzir a carga do processo.

Solução da Shuttle em parceria com Intel e Streamlabs traz tudo o que o criador precisa em uma caixa (menos o monitor) (Imagem: Divulgação/Shuttle)

Chama atenção, ainda, o fato de que o pacote, que chega às lojas dos Estados Unidos ainda neste ano, também acompanha os acessórios necessários para realizar as transmissões. Com exceção do monitor, o aparelho da Shuttle acompanha webcam, microfone, headset, teclado e mouse, prometendo ao usuário ficar online assim que ligar o aparelho pela primeira vez.

Nesse mesmo caminho também vai a Simply NUC, que reforça a parceria com a Streamlabs e, agora, se une à Intel. A empresa trabalha com caixas que podem ser conectadas ao PC principal ou aos consoles para facilitar as transmissões ao vivo. A diferença é que, neste caso, em vez de adquirir o hardware em si, os usuários pagam uma assinatura de US$ 30 por mês, com preço que pode aumentar caso o cliente deseje locar, também, acessórios e equipamentos de alta qualidade.

Outros nomes envolvidos em parcerias de hardware incluem Zotac e Acer, com as empresas afirmando que tantas outras estão trabalhando em soluções de olho nos streamers. O foco é claro sobre o usuário de entrada, que deseja criar seu canal no YouTube ou Twitch, não sabe exatamente por onde começar e contaria, agora, com soluções completas e adequadas sem a necessidade de pesquisar peças, configurações de sistema e outras necessidades relacionadas às transmissões ao vivo.

Em declaração sobre a parceria, o CEO da Streamlabs, Ali Moiz, disse que a parceria com a Intel é a realização da principal visão da empresa, que sempre foi ajudar os produtores de conteúdo a se conectarem à audiência da melhor maneira possível. Já para a Intel, a oportunidade é de se unir a um dos líderes do setor — algo que, na visão de Chris Silva, diretor geral do setor de desktops da Intel, melhora a experiência tanto para quem transmite quanto para quem assiste, gerando entretenimento de qualidade cada vez melhor.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *