Revelados supostos detalhes do Galaxy S10 e smartphone dobrável da Samsung

Uma matéria da Bloomberg parece ter revelado detalhes sobre os planos da Samsung quanto o Galaxy S10 e seu aguardado smartphone dobrável. Aparentemente, a fabricante sul-coreana pretende lançar três modelos de seu próximo aparelho da linha Galaxy. O S10 e S10 Plus deverão ter telas OLED curvas e sensores de impressão digital embutidos no display.

Ambos os dispositivos também apresentarão configuração de câmera tripla na parte traseira e a de selfie será, curiosamente, alocada de maneira visível sob o display. As informações também revelam que a Samsung está testando protótipos de S10 sem entrada para fones de ouvido – o que não significa que a companhia não adicionará o conector na versão final do produto.

Quanto ao terceiro modelo da linha Galaxy S10, é dito que ele será uma variante mais barata e, portanto, não contará com tela curva, tampouco com sensores embaixo da tela. Vale lembrar que a Samsung tem o costume de lançar, meses depois, uma alternativa econômica e com especificações “lite”, que pouco têm em comum com os flagships.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, a fabricante também parece estar conversando com a Verizon para levar o 5G para o Galaxy S10 nos Estados Unidos. Apesar de a tecnologia ainda estar sendo desenvolvida (e seu serviço para internet doméstica ter sido recebido com ressalvas), a fabricante sul-coreana quer que seus dispositivos móveis recebam suporte ao 5G logo no começo de 2019.

Os Galaxy S10 com 5G que estão em fase de testes, inclusive, estão sendo chamados de “Beyond”, ou assim afirma uma fonte interna da Bloomberg.

(Imagem: I Drop News)

Dobra e desdobra

A matéria também divulga detalhes sobre o smartphone dobrável da fabricante sul-coreana, intitulado internamente de “Winner”. Aparentemente, a Samsung ainda não decidiu se o aparelho vai dobrar verticalmente ou horizontalmente.

A informação parece não corroborar muito com uma recente afirmação da empresa, que confirmou uma demonstração do dito aparelho em uma conferência para desenvolvedores no próximo mês. Contudo, a Bloomberg afirma que, caso não consiga levar o smartphone dobrável propriamente dito, a Samsung poderá apresentar detalhes conceituais dele.

Também é dito que o dispositivo dobrável não contará com sensores de impressão digital embutidos no display por conta da complexidade da tecnologia da tela. De acordo com a reportagem, o smartphone deverá ter 4 polegadas quando fechado e, mesmo desta forma, poderá ser usado.

Porém, o dispositivo se abrirá de forma semelhante a uma carteira, revelando uma tela ainda maior do que aparenta. Caso os rumores revelados pelo Wall Street Journal há algum tempo estejam corretos, o smartphone dobrável alcançará até 7 polegadas quando aberto — ainda que seja difícil imaginar como a tela será de fato, sem a informação de sua proporção.

Também não se sabe se a tela será responsiva a toques, já que ela é revestida por um filme ao invés de vidro.

Se 2018 foi um ano um pouco decepcionante para a Samsung em questão de smartphones, 2019 parece promissor para a fabricante em questão de inovação técnica. Resta saber se o público comprará as ideias quando elas finalmente chegarem ao mercado.

Fonte: The Verge

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *