Vagas freelance para gerenciamento de redes sociais crescem no último trimestre

Foi divulgado no começo deste mês o Fast 50, relatório trimestral da Freelancers.com, a maior plataforma para freelancers do mundo, que elenca quais foram os “freelas” que tiveram maior procura durante o período. E, de acordo com os dados coletados com base nas cerca de 500 mil oportunidades postadas na plataforma, as maiores demandas para trabalhos online são aquelas que envolvem desenvolvimento de páginas para a web, soluções criativas online e gerenciamento de mídias sociais.

O tipo de trabalho que apresentou o maior crescimento da demanda no terceiro trimestre de 2018 foram os que envolvem o desenvolvimento de sites e aplicações para a web, principalmente os que exigem conhecimento sobre a linguagem ASP, normalmente utilizada para a criação de páginas dinâmicas. Do segundo para o terceiro trimestre deste ano, a oferta por profissionais com essas qualificações teve um aumento de 21,75%.

Outro crescimento promissor entre os trabalhos online pode ser visto na área de gerenciamento de mídias sociais. Neste último trimestre, as ofertas em Social Networking (que envolve habilidades como design de aplicativos e criação e expansão de páginas em redes sociais) registrou um aumento de 16,90%, enquanto a procura por profissionais de Facebook Marketing cresceu 15,05%. Outro bom crescimento foi notado também nos trabalhos que envolvem o Twitter, que registrou um aumento de demanda de 10,95%, assim como a procura por profissionais especializados em marketing para mídias sociais, que cresceu 10,17%.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Assim como na área de mídias sociais, a procura por criadores de conteúdo criativos também aumentou no último trimestre. A procura por profissionais que saibam utilizar o Adobe Illustrator cresceu 13,74%, enquanto a demanda por mestres do Photoshop também cresceu 7,29% no mesmo período. A produção de vídeos é outra atividade que está em alta, com um crescimento de 8,29% na procura por profissionais de vídeo para a internet — demanda essa que deverá aumentar ainda mais com as diversas mudanças no Instagram para se tornar uma plataforma de vídeos para empresas.

Enquanto as atividades criativas têm registrado crescimento na plataforma, o mesmo não pode ser dito das profissões mais técnicas. A procura por profissionais com conhecimento em Mathematica e Mathlab (softwares utilizados em estudos de engenharia, ciências e matemática) teve um queda de 34,16%; a procura por profissionais de análise estatística registrou queda de 26,30%; e as oportunidades para engenheiros elétricos e mecânicos diminuíram em quase 25% para cada uma destas áreas.

Outros dois campos técnicos que registraram queda na demanda por profissionais foram as áreas de Blockchain (queda de 1,36%) e de Machine Learning (queda de 6,65%). Mas, apesar dos resultados negativos, o relatório atenta para que se preste atenção em ambas dessas áreas, pois a expectativa do mercado é que a procura por profissionais destas especializações deve aumentar nos próximos meses.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *