30% dos eleitores brasileiros aprovam o uso de fake news em campanha, diz estudo

As fake news têm sido tema de muitos debates e polêmicas nestas eleições. Pensando nisso, a empresa de pesquisas Toluna entrevistou 1.032 pessoas, das classes A, B e C, no último dia 3 de outubro e montou um estudo sobre o que os eleitores pensam sobre a situação.

O achado mais importante, e impactante, é que 30% dos brasileiros entrevistados dizem achar bom que os candidatos usem a propagação de notícias falsas em sua campanha. Em relação aos demais, 64% dizem não aprovar a prática e 7% afirmam não ter opinião formada sobre o tema.

Quando questionados se conseguiriam identificar uma notícia falsa, 70% afirmaram que sim. 21% disseram ainda terem dúvidas sobre sua capacidade de identificar algo do tipo e 9% admitiram não saberem reconhecer fake news.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O estudo também perguntou aos entrevistados se eles acreditam receber somente informações verdadeiras sobre seus candidatos. 69% disseram achar que recebem metade do total de notícias falsas e outra metade de verdadeiras. Já 20% responderam que só recebem fake news e 10% dizem que tudo o que recebem é verdadeiro.

Sobre a vontade de compartilhar as notícias, 76% afirmam que enviam para outras pessoas, 90% dizem ler tudo antes de repassar, 6% confessam analisar somente uma parte do texto e 4% apenas leem a manchete antes de fazer o compartilhamento.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *