Guillermo del Toro estreia como diretor de animação na Netflix com “Pinóquio”

O renomado diretor Guillermo del Toro, também vencedor de Oscar, vai fazer a sua estreia como diretor de animações na Netflix com o musical em stop-motion Pinóquio, personagem da Disney exibido pela primeira vez nos cinemas em 1930.

A versão mais atual do filme vai acontecer em parceria com a The Jim Henson Company e ShadowMachine, com produção de Lisa Henson, Alex Bulkley, Corey Campodonico e Gary Ungar, além de Blanca Lista como coprodutora. Patrick McHale assina o roteiro ao lado de Del Toro, Mark Gustafson fica na codireção e Guy David na coprodução de design. O personagem vai ser construído por Mackinnon e Saunders, responsáveis por Noiva-Cadáver.

Pinóquio conta a história de um boneco de madeira criado pelo inventor Gepeto, com o boneco vendo o seu nariz crescer a cada vez que conta uma mentira. Del Toro conta que trabalhar com Pinóquio será uma realização pessoal:

"Nenhuma forma de arte influenciou mais a minha vida e o meu trabalho do que a animação, e nunca senti com qualquer outro personagem uma conexão tão intensa quanto a que sinto com Pinóquio. Na nossa história, Pinóquio é uma alma inocente, com um pai indiferente, que se perde em um mundo que não consegue compreender. Ele embarca em uma jornada extraordinária que o leva a entender seu pai e o mundo de uma forma profunda. Eu sempre quis fazer este filme".

A produção de Pinóquio para a Netflix deve começar ainda neste ano.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *