Eleições 2018: TSE diz que não falhou no combate contra fake news

Segundo a presidente do órgão, Rosa Weber, a chamada desinformação é um fenômeno mundial.


Para a presidente do Tribuna Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, o órgão não falhou no combate contra à disseminação de notícias falsas durante as Eleições 2018. As informações são da Folha de S.Paulo.

“Nós entendemos que não houve falha alguma da Justiça Eleitoral no que tange a isso que se chama fake news. Todos sabemos que a desinformação é um fenômeno mundial e que se faz presente nas mais diferentes sociedades”, afirmou a ministra em coletiva de imprensa neste domingo, 21/10.

Além disso, Weber, que classificou essa disseminação de fake news como algo “intolerável”, também afirmou que o TSE não possui uma solução pronta para combater o problema, que ganhou peso no processo eleitoral brasileiro neste ano. 

Segundo ela, aponta o jornal, os excessos que são cometidos neste sentido são “devidamente apurados pela Justiça Eleitoral no tempo devido”.

Vale notar que uma reportagem recente da própria Folha de S.Paulo, publicada na última quinta-feira, 18/10, aponta que empresários favoráveis ao presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL, teriam pago milhões de reais em campanhas para disseminar conteúdos em massa contra Fernando Haddad, do PT.

via IDG Now!

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *