Facebook nomeia político inglês como novo diretor de assuntos gerais

Tudo sobre

Facebook


O antigo vice-primeiro-ministro da Grã Bretanha é o novo diretor de assuntos globais e comunicação do Facebook. Nick Clegg teve sua contratação anunciada nesta sexta-feira (19) e passa a ser o dono de uma das cadeiras mais importantes na diretoria da rede social, sendo o responsável pelas relações entre as redes sociais, a imprensa e o mundo político.

Com 51 anos de idade, Clegg assume o posto após a saída de Elliot Schrage, que anunciou estar deixando o cargo em junho. A mudança acontece em um momento crítico para a rede social, enquanto ela se encontra sob forte escrutínio das autoridades quanto à disseminação de fake news e sua influência política, além de ainda sofrer os reflexos de uma recente intrusão que pode ter revelado as informações de mais de 50 milhões de usuários.

Um dos principais políticos da história recente da Grã Bretanha, ele foi vice-primeiro-ministro entre 2010 e 2015, justamente os anos que antecederam o referendo no qual os britânicos votaram pela saída da União Europeia — questão, inclusive, em que o Facebook teria tido influência danosa. Desde 2017 Clegg é uma das lideranças políticas que pede por uma nova votação, devido à manipulação que envolveu a primeira, antes da efetiva saída do bloco, marcada para 2019.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Nick Clegg, ex-vice-primeiro-ministro da Grã Bretanha, é o novo diretor de assuntos globais do Facebook (Imagem: Divulgação/União Europeia)

Além disso, o político foi líder dos Liberais Democratas, uma bancada centrista que se tornou o terceiro maior partido político da Grã Bretanha entre 2007 e 2015. Ele também teve passagem pela Comissão Europeia, onde foi responsável por negociações relacionadas a questões de concorrência e livre mercado.

A diretora operacional do Facebook, Sheryl Sandberg, comemorou a contratação de Clegg justamente por ele representar a entrada de alguém de fora não apenas do Facebook, mas do mundo da tecnologia como um todo. Ela disse ter tido longas conversas com o político antes da contratação, juntamente com o CEO Mark Zuckerberg, e todos acreditam que essa nova visão será fundamental em um momento tão complicado para a empresa.

A ideia de chamar alguém de fora para um cargo tão importante, inclusive, era uma das vontades da companhia, na qual Clegg teria se encaixado perfeitamente. O trabalho a ser realizado por ele será de longo prazo, afirmou Sandberg, com a experiência em temas complexos sendo essencial para os desafios atuais e os que ainda estão por vir.

Clegg assume o cargo em caráter imediato, a partir desta segunda-feira (22), trabalhando a partir dos escritórios centrais da empresa, em Menlo Park, no estado americano da Califórnia. A notícia pegou o noticiário político da Grã Bretanha de surpresa, principalmente devido aos rumos da atual pressão sobre o governo quanto à realização de um novo referendo.

Em comunicado sobre a contratação, o ex-vice-primeiro-ministro afirmou que o Facebook está em uma jornada não apenas para reparar seus erros e lidar melhor com as próprias responsabilidades, mas também mudando sua visão sobre a sociedade. Ele espera que seu papel nesse caminho seja importante e frutífero, com as decisões certas para moldar o futuro da rede social.

Fonte: The Wall Street Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *