Este é o “som” de uma geleira da Antártida

Não é todo dia que se ouve o que as geleiras do Polo Sul estão dizendo. Nesta semana, pesquisadores conseguiram captar um som diretamente vindo da plataforma de gelo Ross, na Antártida.

Ficou curioso? Ouça abaixo no vídeo publicado pela União de Geofísica Dos Estados Unidos (AGU, na sigla em inglês):

Meio sinistro? O barulho foi captado pelos cientistas com a ajuda de sensores de movimentos sísmicos. Por serem ultrassensíveis, esses aparelhos conseguem registrar vibrações muito sutis. O som, na verdade, é resultado do atrito entre os ventos e a plataforma de gelo.

No entanto, a música polar que você acabou de ouvir sofreu, digamos, um remix. A frequência das ondas sonoras do fenômeno é imperceptível ao ouvido humano. Para que fosse possível ouvir, foi preciso acelerar a gravação em mais de 1.200 vezes.

Veja também

Monitorando gelo

O som não foi obtido de um estudo exclusivo para isso, mas apareceu durante um já existente: o artigo que reportou o fenômeno, publicado no Geophysical Research Letters, diz que há uma medição constante das plataformas de gelo da Antártida.

Segundo o jornal USA Today, em 2014 cientistas instalaram 34 sensores de atividade sísmica na plataforma Ross para acompanhar como o lugar se comporta conforme o avanço das mudanças climáticas. Com monitoramento, de acordo com com eles, é possível detectar se rachaduras estão sendo formadas e saber como o aumento das temperaturas está influenciando na região.

A plataforma de gelo Ross é a maior do mundo, com uma área de aproximadamente 487 mil quilômetros quadrados. É praticamente do tamanho da França, e a maior parte dela está em uma área reivindicada pela Nova Zelândia.

via Superinteressante

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *