Facebook alerta 29 milhões de usuários cujos dados foram acessados por hackers

O Facebook está enviando um aviso, através do feed de notícias, para usuários que foram afetados pelo ataque à rede social — inclusive no Brasil. Ela foi hackeada no final de setembro: os invasores levaram o nome, telefone e e-mail de 15 milhões de pessoas, e quase o perfil inteiro de mais 14 milhões, incluindo últimos check-ins e pesquisas recentes.

Foto via Pixabay

Quem foi afetado vai receber um aviso no feed de notícias, dependendo do nível de acesso que os hackers tiveram. No caso menos grave, o Facebook dirá: “um terceiro não autorizado acessou o seu nome, endereço de email e número de telefone”.

No caso mais grave, a mensagem será maior: “algumas das suas informações foram acessadas por um terceiro não autorizado, incluindo o seu nome, endereço de email, número de telefone e outras informações como sua data de nascimento e localizações recentes onde você fez check-in ou foi marcado”.

O botão “Saiba mais” leva você ao endereço facebook.com/help/securitynotice. Role a página até a seção “Minha conta do Facebook foi afetada por esse problema de segurança?”. Então, você verá uma lista do que os invasores acessaram.

Quais dados foram acessados pelos hackers do Facebook?

No caso menos grave, que afetou 15 milhões de pessoas, os hackers levaram seu:

  • nome;
  • endereço de e-mail principal;
  • número de telefone mais recente adicionado.

Enquanto isso, no caso mais grave — impactando mais 14 milhões de pessoas — os invasores também acessaram:

  • nome de usuário, data de nascimento, gênero;
  • tipos de dispositivos e idioma escolhido para acessar o Facebook;
  • páginas ou pessoas que você segue no Facebook;
  • trabalho, educação, status de relacionamento, religião, site;
  • cidade natal, cidade atual, 10 localizações mais recentes nas quais você fez check-in ou foi marcado;
  • 15 pesquisas mais recentes inseridas na barra de pesquisa do Facebook.

Eu não fui afetado por essa invasão. No meu caso, a página de segurança diz apenas: “com base no que descobrimos até o momento, os invasores não conseguiram acesso às informações associadas a sua conta do Facebook”.

A rede social diz que senhas não foram vazadas, nem informações de cartão de crédito. O vice-presidente Guy Rosen também explica que “este ataque não incluiu Messenger, Messenger Kids, Instagram, Oculus, Workplace, Páginas, pagamentos, aplicativos de terceiros ou contas de desenvolvedores ou anunciantes”.

Facebook dá dicas para evitar golpes de phishing

O Facebook sabe que os dados vazados podem ser usados para golpes de phishing. Por isso, a rede social sugere as seguintes precauções de segurança:

O Facebook teve uma vulnerabilidade no “Ver como” — para ver como seu perfil aparece para outras pessoas — que foi usada pelos hackers. Por solicitação do FBI, a rede social não diz quem é o responsável pelo ataque; ela acredita se tratar de spammers que comandam uma agência de marketing digital, segundo o Wall Street Journal.

Facebook alerta 29 milhões de usuários cujos dados foram acessados por hackers

via Tecnoblog

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *