Ministério Público investiga desenvolvedora do jogo ‘Bolsomito 2k18’

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por meio da Comissão de Proteção dos Dados Pessoais e do Núcleo de Enfrentamento à Discriminação, abriu um inquérito civil público na última quarta-feira (10) para investigar a startup BS Studios, que desenvolveu o jogo ‘Bolsomito 2k18”.

Segundo a Constituição Federal, a República Federativa do Brasil tem como objetivo promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação

De acordo com o MPDFT, o jogo traz o personagem ‘Bolsomito’, inspirado no candidato à presidência Jair Bolsonaro (17), que tem como objetivo matar minorias para ganhar pontos. O usuário do game completa missões ao matar, por exemplo, gays, negros, feministas e integrantes de movimentos sem-terra.

“O jogo possui clara intenção de prejudicar o candidato à Presidência da República e com isso embaraçar as eleições 2018, além de causar danos morais coletivos aos movimentos sociais, gays e feministas”, explica o Ministério Público do DF. O MPDFT ainda adiciona que, “segundo a Constituição Federal, a República Federativa do Brasil tem como objetivo promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”.

A Steam comercializa o jogo por R$ 9, que foi lançado no dia 5 de outubro. A Vale Corporation, dona da Steam, ainda será notificada para que a venda do jogo ‘Bolsomito 2k18’ seja encerrada, além de enviar os dados cadastrais dos desenvolvedores do jogo. “O Centro de Produção, Análise, Difusão e Segurança da Informação do MPDFT também vai trabalhar para identificar e qualificar os responsáveis pela BS Studios”, afirma o MP.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *