YouTube Gaming cresce 343%, mas Twitch ainda domina streaming de jogos

O Twitch é a principal plataforma de streaming de jogos. O Google tentou adquiri-lo sem sucesso — ele foi comprado pela Amazon em 2015 — e, por isso, lançou um concorrente chamado YouTube Gaming.

De acordo com um novo relatório da Streamlabs, o YouTube Gaming está crescendo bastante: sua base de streamers ativos mensalmente aumentou 343% ao longo do ano passado. O Twitch, por sua vez, cresceu 197%.

No entanto, o YouTube Gaming teve 7 mil streamers simultâneos (transmissões ao mesmo tempo) no quarto trimestre, contra 27 mil no Twitch. Ou seja, ainda falta bastante para o Google alcançar a concorrência.

O volume de espectadores no Twitch também é maior: foram 788 mil pessoas assistindo transmissões no quarto trimestre, contra 308 mil no YouTube Gaming.

O Twitch vem adicionando diversos recursos para permanecer à frente, incluindo transmissões de vídeos pré-gravados, raids (para direcionar tráfego a outros canais), e venda de jogos com comissão para o canal. Enquanto isso, o YouTube Gaming permite que você seja patrocinador de um canal pagando R$ 7,99 ao mês.

Outra forma de ganhar dinheiro é através de gorjetas. O volume de gorjetas processadas pela Streamlabs aumentou 25% no ano passado para US$ 101 milhões.

Número de espectadores por plataforma, no terceiro e quatro trimestres

Existem outras plataformas para streaming de jogos, mas elas têm escala menor. O Mixer, da Microsoft, teve 5 mil espectadores no quarto trimestre, contra 27,5 mil no Facebook Live e 80 mil no Periscope.

Este mês, o Facebook fechou uma parceria a ESL, uma das maiores organizadoras mundiais de eventos de eSports. A rede social vai transmitir com exclusividade alguns dos principais torneios internacionais de Counter Strike: Global Offensive e Dota 2.

Com informações: Streamlabs, TechCrunch.

YouTube Gaming cresce 343%, mas Twitch ainda domina streaming de jogos

via Tecnoblog

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *