Processo da Benchmark Capital contra ex-CEO da Uber é encerrado

A vida de Travis Kalanick acaba de ficar um pouco menos turbulenta, já que o processo da Benchmark Capital contra o ex-CEO da Uber acaba de ser encerrado. A empresa, que é uma das maiores investidoras da Uber, processou Kalanick em agosto do ano passado por fraude, sob a acusação de que o executivo teria feito um complô para tentar se manter no poder.

A Benchmark declarou, na época, que Travis estaria agindo de maneira desonesta ao tentar manipular outros membros do conselho a seu favor. O processo mencionava uma votação ocorrida em junho de 2016, que votou por aumentar o número de assentos no conselho de 8 para 11, sendo que Kalanick teria o direito de designar a quem conceder tais lugares.

Mas, nesta quinta-feira (25), um juiz rejeitou permanentemente o caso, após a Benchmark aceitar deixar o processo de lado. A principal intenção da investidora era justamente tirar Kalanick do poder da Uber, que contratou Dara Khosrowshahi como seu novo CEO em agosto de 2017.

O juiz determinou, ainda, que cada parte envolvida no processo (Benchmark, Kalanick e Uber) deverá arcar com os próprios custos, não havendo penalizações financeiras apenas para uma parte perdedora.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *