Nubank recebe autorização do governo para atuar como financeira

A partir de agora, fintech não precisará fazer parcerias com bancos no País para montar a estrutura de captação de recursos e oferta de crédito


O presidente Michel Temer autorizou por meio de decreto assinado na sexta-feira (19/01) que a Nu Holdings, dona do Nubank, vire uma financeira.

Na prática, a partir de agora a fintech não precisará fazer parcerias com bancos no País para montar a estrutura de captação de recursos e oferta de crédito. Da mesma forma, poderá fornecer empréstimo e financiamento para aquisição de bens, serviços e capital de giro. Para isso, o Nubank poderá constituir um braço de negócio específico, a Nu Financeira. Em resumo, a fintech terá mais autonomia para sua operação e expansão dos serviços.

A aprovação era necessária para o Nubank e foi solicitada há dois anos. Isso porque, apesar de ser uma empresa brasileira, o Nubank conta com investimento estrangeiro e é controlado por uma holding sediada nas Ilhas Cayman. De acordo com a legislação brasileira, uma instituição com capital estrangeiro depende de um decreto presidencial, processo que pode levar anos.

Em sua quinta rodada de investimentos, em dezembro de 2016, o Nubank recebeu US$ 80 milhões. Entre as empresas de capital de risco que investiram na fintech estão Sequoia Capital, Kaszek Ventures, Tiger Global Management e DST Global. No total, a startup já captou US$ 179 milhões e emitiu mais de 3 milhões de cartões no Brasil desde que surgiu em 2014.

Segundo a publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira (22/10), “é do interesse do governo brasileiro a participação estrangeira de até 100% no capital da instituição financeira a ser constituída pela Nu Holdings”.

Diversificação de serviços e expansão

Fundada em São Paulo, o Nubank ganhou popularidade ao oferecer cartões de crédito sem anuidade, sem taxas e que podem ser gerenciados por meio de um aplicativo. 

No ano passado, a companhia anunciou a NuConta, conta digital que funciona separadamente do cartão e que está em fase de testes com um grupo limitado de clientes. A conta permite realizar transferências ilimitadas e sem taxas para diferentes bancos, pagar a fatura do cartão de crédito Nubank com apenas um clique e realizar investimentos de forma prática e rápida. 

Também em 2017, a empresa lançou o programa de recompensas, o chamado Rewards e em dezembro último, anunciou a abertura de um escritório com foco em engenharia na Alemanha.

 

 

 

 

via IDG Now!

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *