Qual a diferença entre o iPhone 8, 8 Plus e o iPhone X?

Tanto o iPhone 8, 8 Plus e o iPhone X foram lançados no mesmo dia, em 12 de setembro de 2017. Foi a primeira vez que a Apple apresentou três iPhones em um dia só, sendo que um deles, o X, é o mais caro até hoje. Veja exatamente qual a diferença entre esses três modelos.

O que muda?

O iPhone 8 e iPhone 8 Plus são oficialmente os sucessores do iPhone 7 e iPhone 7 Plus. Enquanto isso, o iPhone X é visto mais como uma “edição especial”, com design reformulado e preço maior. Por isso, o iPhone X tem diferenças significativas em relação aos outros modelos.

A principal distinção é bem nítida: enquanto o iPhone 8 Plus tem tela de 5,5 polegadas, o iPhone X tem tela de 5,8 polegadas, porém em um corpo menor que o iPhone 8 Plus. A tela do iPhone X ocupa 83% da parte frontal; no iPhone 8 Plus, essa proporção é de 67,4%.

Naturalmente, a resolução da tela do iPhone X também é maior, de 2436×1125 pixels. Além disso, o display possui tecnologia OLED, que consegue entregar cores mais precisas e um brilho mais forte. Como você deve imaginar, não há botão de início ou Touch ID, já que a tela ocupa toda a parte frontal.

No lugar do Touch ID, a empresa desenvolveu o Face ID. Basicamente, essa tecnologia de reconhecimento facial funciona comparando um modelo matemático do seu rosto com o que a câmera e os sensores mostram; caso haja uma identificação, o celular é desbloqueado.  Graças ao Face ID, o iPhone X também tem animojis, emojis que são animados com o seu rosto e ficaram bem populares no lançamento do smartphone.

A câmera do iPhone X também é levemente melhor: em comparação com o iPhone 8 Plus, ambos os celulares têm duas lentes de 12 megapixels cada, porém a abertura da lente telefoto varia; em uma, o iPhone 8 Plus tem f/2,8, enquanto o iPhone X tem f/2,4, o que deve ajudar a tirar melhores fotos em baixa luminosidade.

Para financiar toda essa diferença, o iPhone X também é mais caro: ele custa de R$ 6.999 a R$ 7.799, enquanto o iPhone 8 custa R$ 3.999 e o iPhone 8 Plus tem preço sugerido de R$ 4.599.

O que continua o mesmo?

Apesar de tantas diferenças, o processador de todos esses três celulares é o mesmo: é o Apple A11 Bionic de seis núcleos. Todos os três, graças a traseira de vidro, também têm tecnologia de carregamento sem fio.

Além disso, a Apple promete que a bateria no iPhone X, apesar de fisicamente menor em relação ao iPhone 8 Plus, tem a mesma duração. Ambos os smartphones têm 3 GB de RAM, enquanto o iPhone 8 fica somente com 2 GB.

Suporte a versões do iOS

Como todos os três smartphones foram lançados no mesmo dia, é esperado que eles sejam atualizados ao mesmo tempo e durem o mesmo número de versões. Não dá para estimar um número exato, mas a Apple normalmente mantém os iPhones por 4 grandes atualizações do iOS.

Vale a pena trocar?

Se você tem um iPhone 7 ou anterior, talvez valha a pena trocar pelo iPhone X em grande parte pelo design atualizado. Enquanto isso, o iPhone 8 não parece ser uma opção tão forte porque ele normalmente passa a impressão de “mais do mesmo”, ainda que tenha o mesmo hardware interno do iPhone X. Com o passar dos anos, o design que existe desde o iPhone 6 vai ficar ainda mais obsoleto.

É uma troca cara, porém: o iPhone X custa entre R$ 6.999 e R$ 7.799 no Brasil, enquanto nos EUA ele não sai por menos de US$ 999 na loja da Apple.

Qual a diferença entre o iPhone 8, 8 Plus e o iPhone X?

via Tecnoblog

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *