Google nega existência de versão móvel do Maps na China

Ontem (14), o noticiário internacional informou que a Google estaria, enfim, conseguindo mais presença na China, levando uma versão otimizada do Maps para smartphones para lá. Mas, hoje (15), a gigante negou os rumores, que foram originalmente lançados pelo site japonês Nikkei.

Esta seria a primeira vez que o Maps chegaria ao universo mobile China em oito anos, desde que serviços da Google foram banidos por lá. O governo chinês tem uma política bastante rígida com relação ao controle de sua internet, fornecendo versões próprias e controladas pelo governo de plataformas como ferramentas de busca e redes sociais.

Em comunicado oficial, a gigante declarou que "não houve mudanças no Google Maps na China; o Maps pode ser acessado pelo desktop há anos, mas não tem uma presença oficial em lojas de apps para Android ou iOS na China".

O app do Google Maps foi removido do território chinês em 2010, quando a empresa se recusou a fornecer determinados dados de resultados de buscas ao governo. Desde então, o Maps está disponível de maneira limitada no país, mas outros serviços da gigante, como o Tradutor, por exemplo, já têm apps móveis para os usuários chineses.

via Canaltech

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *