Vevo tem dia de HBO e sofre com vazamento de 3 TB de arquivos feito por hackers

O Vevo acabou de se juntar a gigantes do entretenimento, como a HBO, e se tornou a nova vítima de violação de segurança e liberação de documentos internos. O serviço de vídeo, uma joint venture entre os gigantes da música Universal, Sony e o Warner, foi alvo de hackers, que vazaram mais de 3 terabytes de arquivos internos.

O OurMine, um autodenomimando grupo de white hat, reivindicou a responsabilidade pelo ataque. O coletivo faz avaliações de segurança em redes sociais, e-mail e contas iCloud, mediante pagamento de taxa, e já atacou contas de alta visibilidade, como as de Mark Zuckerberg, Sundar Pichai (CEO do Google), da Netflix e NFL.

Os arquivos publicados on-line não tinham nada muito secreto: eram, principalmente, documentos de escritório, vídeos e materiais promocionais.

O Vevo confirmou o ataque e disse que a origem foi um golpe de phishing via LinkedIn. Um representante da empresa disse que a extensão do vazamento ainda está sendo investigado.

Canal é popular no YouTube

O Vevo é um dos sites de música mais populares na internet. Suas mais de 250 mil músicas catalogadas atraem 21 bilhões de visualizações por mês em todo o mundo no seu canal no YouTube e em seu próprio site e aplicativo.

Após esse ataque hacker, O Vevo experimenta um pouco do que a HBO sofreu em julho, quando a produtora sofreu com vazamentos e roteiros de Game of Thrones.

Fonte: Cnet

via Canaltech

Deixe uma resposta