Ex-engenheiros do Google lançam um assistente virtual com IA para empresas

Três ex-engenheiros do Google se uniram para criar um assistente virtual equipado com inteligência artificial para ajudar empresas a se comunicarem melhor. O Bellgram rastreia dados conversacionais e aplica a IA para aprimorar a maneira como o negócio opera. A startup já arrecadou US$ 800 mil de investidores para viabilizar o seu projeto.

Os criadores do Bellgram afirmam que sua primeira versão pernite que os usuários liguem a um assistente virtual ativado por voz, e podem pedir que o assistente configure reuniões e as adicione nos calendários respectivos das pessoas envolvidas, ou, ainda, pode anotar tudo o que for relevante em uma reunião, transcrever o conteúdo e enviar tudo por e-mail aos participantes. A ferramenta coleta dados de conversação como históricos de mensagens, correios de voz, registro de chamadas, entre outros, indexando tudo de maneira que fique fácil localizar aqueles dados quando necessário.

Além disso, o Bellgram também usa dados históricos para fazer previsões. Segundo a empresa, a tecnologia pode prever quais contatos devem ser feitos pelo usuário em um determinado momento, com base em seu calendário e fazendo uma combinação de sinais e padrões. Segundo um dos engenheiros, "seu smartphone é, de longe, o aparelho que está mais exposto ao seu dia de trabalho, e nós acreditamos que ele seria mais confiável do que um assistente pessoal, já que literalmente não perde uma palavra que você diz, escuta ou escreve˜. A ferramenta poderia ser integrada, ainda, com sistemas de produtividade, como Slack, G Suite, entre outros.

O Bellgram foi criado em julho de 2015 quando um de seus criadores notou que, enquanto um executivo de negócios, seu celular e apps de mensagens podiam ser melhor integrados, aproveitando ao máximo as informações por ali obtidas. Então foi surgindo esse serviço mobile que usa a inteligência artificial para aprimorar ainda mais a rotina de uma empresa e seus executivos e funcionários. O app funciona com iOS, Android, Mac e Windows, e seu painel de administrador online exibe monitoramentos e análises.

via Canaltech

Deixe uma resposta