Como funciona o sistema que vai economizar gigabytes em downloads no Xbox One

À medida que o tamanho dos jogos aumenta, a Microsoft prepara uma forma de evitar que o Xbox baixe conteúdo desnecessário para seu disco rígido externo.

A empresa havia confirmado que donos do Xbox One ou One S não precisarão baixar arquivos em 4K; isso valerá apenas para o One X. Agora, o Eurogamer explica melhor como isso vai funcionar.

Xbox One X

O sistema se chama Intelligent Delivery. Os jogos são divididos em “pedaços”, dependendo do desenvolvedor. Eles recebem tags para identificar o idioma, tipo de conteúdo (como single-player ou multiplayer) e dispositivo (One/One S e One X).

Quando o usuário baixa o jogo, os servidores da Microsoft enviam apenas os pacotes com as tags relevantes. Então, se ele for dono de um Xbox One X, vai receber os pacotes com conteúdo em 4K; senão, vai receber as texturas em Full-HD.

Se o usuário migrar de um Xbox One para um Xbox One X, seus jogos instalados no disco rígido externo poderão ser atualizados mais facilmente: o console vai baixar apenas os dados 4K que faltam, mantendo o áudio e os arquivos-base.

Isso também vale para pacotes de idiomas, incluindo cutscenes, narrações e outros áudios. Ou seja, um usuário no Brasil não precisa baixar itens do jogo em japonês, por exemplo — ainda que isso possa ser oferecido como um pacote adicional.

Isso deve reduzir o tempo de download e o uso de espaço no disco rígido, mas o impacto depende do jogo e de seu tipo. De acordo com a Microsoft, é provável que isso seja mais perceptível em títulos de esportes, já que a regionalização pesa bastante neles.

O Intelligent Delivery foi demonstrado este ano para desenvolvedores, e precisa ser adotado por eles — não é algo automático vindo da Microsoft. Ainda assim, é um recurso bacana que se contrapõe à Sony: mesmo que você tenha um PlayStation 4 comum, ele baixará todos os arquivos em 4K para jogos do PS4 Pro.

Com informações: Eurogamer, SlashGear.

Como funciona o sistema que vai economizar gigabytes em downloads no Xbox One

via Tecnoblog

Deixe uma resposta