Apple explica por que o Face ID “falhou” no evento do iPhone X

Todo mundo que acompanhou o evento da Apple notou que a primeira demonstração pública do Face ID não deu certo. Craig Federighi, que chegou a limpar o rosto no palco, ficou claramente nervoso quando viu que o aparelho não desbloqueou como deveria. Então, ele pegou um segundo iPhone X e o reconhecimento facial funcionou normalmente. O que aconteceu?

Depois das inúmeras especulações, a Apple se pronunciou oficialmente sobre o caso. A empresa analisou posteriormente os logs do iPhone X que falhou e informou que o problema ocorreu porque os funcionários que manipularam o aparelho antes da apresentação no palco acabaram ativando um mecanismo de segurança por acidente.

Ao Yahoo, a Apple diz: “As pessoas estavam mexendo no dispositivo para a demonstração no palco antes da hora, e não perceberam que o Face ID estava tentando autenticar seus rostos. Depois de falhar um certo número de vezes, já que elas não eram o Craig, o iPhone fez o que foi desenvolvido para fazer, que era exigir a senha dele”. Nas palavras da empresa, “o Face ID funcionou como projetado”.

De fato, essa era a explicação mais provável pela “falha” do Face ID, já que a mensagem que apareceu na tela exigia a senha para ativar o recurso — e é justamente isso o que acontece hoje, com o Touch ID, quando você (ou outra pessoa) tem a impressão digital não reconhecida três vezes seguidas.

Apple explica por que o Face ID “falhou” no evento do iPhone X

via Tecnoblog

Deixe uma resposta