Segundo app, donas de Android querem engravidar; as de iOS querem evitar

A Cycle Technologias, empresa por trás do aplicativo que é utilizado pelas mulheres para controle do período menstrual, fez um levantamento bastante curioso a respeito dos hábitos de uso de suas usuárias: o app mostrou que as mulheres que usam Android estão mais interessadas em engravidar, enquanto as que usam iOS buscam evitar a gravidez.

O app, chamado de Dot, foi usado para analisar as métricas de 50 mil usuárias ativas – sendo que 25% delas, usuárias do Android, estão utilizando o aplicativo para planejar uma gravidez, contra 19% de usuárias de iPhone. Já na utilização do Dot para evitar, a proporção passa a ser 35% no iOS, enquanto o Android fica em 29%.

“A diferença entre os dois sistemas nos surpreendeu e estamos interessados em explorar isso ainda mais”, explicou Leslie Heyer, fundadora da Cycle Technologies. “Disparidades demográficas ou variações em como nós trabalhamos com cada sistema operacional pode levar as pessoas a usar o app de forma diferente”.

Um aspecto curioso da conclusão da pesquisa feita através do aplicativo é que isso pode indicar uma tendência social: o pessoal da Dot aponta que o iPhone pode ser relacionado a um público com nível de escolaridade mais alto.

Agora, além de aprofundar a sua pesquisa, a Cycle Technologies quer também entender a efetividade do Dot. Para isso, a empresa fez uma parceria com o Instituto de Saúde Reprodutiva da Universidade de Georgetown para entender melhor sobre o quão preciso o aplicativo é no monitoramento do ciclo menstrual.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta