Echo Dot, da Amazon, é melhor que o Echo padrão

Você pode já ter ouvido falar do Echo, um dispositivo em espiral da Amazon, que permite realizar tarefas por meio de comandos de voz. Mas a versão Dot pode ser a melhor escolha quando o assunto é a assistente virtual da empresa, a Alexa.

Se você não se lembra muito dele, vamos refrescar a sua memória: o Echo é um gadget em formato cilíndrico que funciona com o intuito de auxiliar o usuário a fazer coisas dentro de casa, sem o uso das mãos.

Alexa é a tecnologia por trás do dispositivo. A assistente virtual da Amazon entende, via comando de voz, o que o usuário quer e realiza as tarefas, seja chamar um Uber, tocar músicas do Spotify, programar alarmes diários, e outros 15 mil aplicativos que a tecnologia pode interagir.

Mas por que esse gadget é mais interessante? Primeiro porque o Dot tem todas as funcionalidades do Echo padrão, só que custa menos… bem menos (o preço do Echo fica em torno de US$ 180, enquanto o Dot custa US$ 50). Pense nisso: é possível comprar três Dots, espalhá-los pela casa, e ainda assim ficará mais em conta do que um único Echo.

Para efeito de comparação: Google Home custa US$ 130, e o HomePod da Apple foi anunciado por US$ 350. Além disso, ele ocupa menos espaço (claro!). Com o seu formato de disco de hockey, ele consegue ficar escondido em qualquer espacinho — bem diferente do Echo padrão.

O dispositivo conseguiu tanto sucesso que foi o item mais comprado no último Prime Day (isso pode ser por conta do valor, que chegou aos US$ 35). Será ele o futuro dos dispositivos inteligentes para casas?

Via The BRIEF

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta