Custo de produção de veículos autônomos deve cair drasticamente até 2025

A consultoria AlixPartners divulgou uma análise de tendências que indica que o futuro dos veículos autônomos está chegando – e bem rápido. Apesar de uma queda natural, os esforços de produção, pesquisa e desenvolvimento desses veículos podem resultar em custos de fabricação drasticamente menores nos próximos anos.

A empresa afirma que, até 2025, o custo para produzir um veículo elétrico e que dirige sozinho será basicamente o mesmo do que o de um carro a combustão. John Hoffecker, da AlixPartners, afirmou durante um evento da Automotive Press Association, em Detroit, que os custos de produção desses veículos poderão ser reduzidos em até 78% nos próximos oito anos – o que não significa que o processo vai ser mais fácil.

Para os elétricos, essa queda já está sendo vista: as células de baterias tiveram uma redução de 80% em seus preços de produção desde 2010, e o custo de motores elétricos podem ficar até 20% mais baratos até 2025. Segundo Hoffecker, embora a queda em si não seja uma surpresa, o fato de ela ser tão acentuada assim certamente é.

A análise da consultoria aponta que a China será a principal responsável: montadoras locais já respondem por 43% da participação do maior mercado automotivo do mundo e o índice é dobrado quando se fala em veículos elétricos, que é composto de 96% por modelos chineses. A expectativa é que 49 dos 103 novos lançamentos até 2020 serão chineses – um domínio que só é ameaçado de leve pela Tesla.

Além disso, a China também tem na mira 65% da capacidade produtiva de baterias de íon-lítio até 2021 – o equivalente a cinco gigafactories da montadora norte-americana.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta