Claro reformula planos pré-pagos e traz opções para quem não usa internet

A Claro reformulou seus planos em abril e, na época, simplificou sua oferta para o pré-pago em um único plano, que trazia 1 GB, 100 minutos para outras operadoras e ligações ilimitadas para Claro custando R$ 9,90 por semana. A operadora adicionou três planos para o seu portfólio, todos com minutos para outras operadoras.

Veja as opções:

  • Prezão Muito Mais (semanal): 1 GB, ligações ilimitadas para Claro e NET e 100 minutos locais para outras operadoras – R$ 9,99
  • Prezão Muito Mais (mensal): 2 GB, ligações ilimitadas para Claro e NET e 100 minutos locais para outras operadoras – R$ 39,99
  • Prezão Fala Mais (14 dias): ligações ilimitadas para Claro e NET e 100 minutos locais para outras operadoras – R$ 9,99
  • Prezão Fala Mais (mensal): ligações ilimitadas para Claro e NET e 200 minutos locais para outras operadoras – R$ 19,99

O plano semanal com internet continua o mesmo. A novidade está no Prezão Muito Mais Mensal, que definitivamente não vale a pena: considerando que o mês tem quatro semanas, é possível ter 4 GB de internet e 400 minutos por meio da opção semanal pelo mesmo preço. Nas duas opções, há acesso gratuito ao Claro Video e ao Claro Música, esse último sem descontar da franquia. O WhatsApp também pode ser acessado sem usar a franquia principal de internet.

É um tanto esquisito ver uma operadora comercializando planos sem nenhum mísero megabyte de dados em pleno 2017. Os planos “Prezão Fala Mais” custam menos que as opções com internet e ainda trazem minutos para outras operadoras. Quem quiser acessar internet nesses planos poderá optar pela cobrança diária, com opções de 30 MB a 65 MB custando entre R$ 0,99 e R$ 1,99. Além disso, planos mensais estão disponíveis a partir de R$ 6,90 (150 MB).

Em comparação com outras operadoras, a TIM tem leve vantagem: por R$ 9,99 é possível ter a mesma quantidade de internet, mas os 100 minutos podem ser utilizados inclusive para ligações DDD. O plano também dá acesso grátis ao Deezer, que é uma plataforma mais consolidada que o Claro Música. No entanto, a TIM não inclui nenhum serviço de vídeo.

Claro reformula planos pré-pagos e traz opções para quem não usa internet

via Tecnoblog

Deixe uma resposta