Qual é a melhor maneira de fazer backup dos seus arquivos?

Os ciberataques há pouco tempo assustaram o mundo, você se lembra? Muita gente faz backup, mas será que de um jeito realmente seguro? O processo é bem simples. Veja abaixo 3 métodos de como fazer backup e seus prós e contras. Depois, você mesmo já terá informações suficientes para decidir qual é o ideal para você.

HD Externo

O modo mais comum de se fazer backup é usando um HD externo. Ele é basicamente um pendrive com uma capacidade gigantesca capaz de fazer uma cópia de todos os seus arquivos importantes ou até mesmo o seu computador inteiro. É uma mídia externa que você deve depois guardar em um lugar seguro. Para usá-lo, basta conectá-lo ao seu computador com um cabo USB. Você pode escolher quais arquivos deseja salvar e realizar o processo manualmente. Mas no caso de querer sincronizar o HD com o seu computador,conecte-o via USB e procure por “backup” na barra de buscas da Cortana.

Em seguida, selecione a primeira opção e, na tela que se abre, vá até “Adicionar uma unidade”. Desse modo, o Windows vai criar uma cópia do seu HD na unidade selecionada. Usando esse método, você precisará reconectar a unidade para sincronizar os dados com certa regularidade.

  • Prós: o método é muito simples e permite que você salve tudo o que quiser. Só você terá acesso ao conteúdo, e não há perigos de vazamento de informações.
  • Contras: por se tratar de uma mídia física, ela deve ser muito bem guardada. Se por acaso for destruída, você perderá tudo. E, no caso de ser roubada, todos os seus dados ficarão nas mãos do ladrão.

Backup pela internet

Existem vários serviços de internet que  oferecem o serviço de backup e sincronização pela rede. Carbonite, BlackBlaze, CrashPlan e MozyHome são alguns deles. Para usá-los, basta instalar um programa no computador que, a cada intervalo de tempo, definido pelo usuário, sincroniza os seus dados com uma imagem na nuvem. Se precisar de algum arquivo, basta fazer o download.

Esses serviços, no entanto, cobram taxas para realizar o backup. Além disso, seus dados não ficam com você, o que pode preocupar um pouco.

  • Prós: a praticidade é o maior ponto positivo, já que a sincronização é automática e não há a preocupação de guardar uma mídia externa.
  • Contras: o serviço é pago, e há um risco, ainda que pequeno, de que seus documentos vazem. Além disso, você vai precisar de uma boa conexão de rede para fazer o backup de uma grande quantidade de arquivos.

Armazenamento em nuvem

Essa opção não se trata exatamente do backup de sistemas inteiros, mas apenas de arquivos. Nesse caso, você pode usar serviços gratuitos (até certo ponto), como o Google Drive, OneDrive, Dropbox e iCloud. Com eles você pode criar pastas sincronizadas, ou seja, elas estarão tanto no seu computador quanto na nuvem, e tudo o que você colocar lá será copiado para o servidor.

Esse tipo é ideal para guardar fotos e arquivos pequenos, no entanto deixa a maior parte do seu sistema desprotegido.

  • Prós: a maioria dos serviços oferece um pouco de armazenamento grátis e a mesma praticidade dos serviços de backup online citados.
  • Contras: não é um backup dos mais seguros, já que a maior parte do seu computador fica desprotegida. O espaço gratuito oferecido não é muito grande, e as preocupações com privacidade valem para esse método também.

Conclusão

Todas as três formas de backup apresentam algum risco. O melhor a fazer é usar mais de um método para garantir que os seus arquivos ficarão realmente a salvo. O ideal é que você tenha uma cópia local dos seus documentos em um HD externo e, ao mesmo tempo, sincronize o seu PC ou apenas os arquivos mais importantes na nuvem. Desse modo, se algo acontecer com o seu HD externo e ele for danificado, você ainda terá os seus dados salvos na nuvem.

Esta dica foi útil? Você já teve os seus arquivos perdidos? Deixe um comentário!

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta