Ações da Snap estão valendo menos que no IPO

Pouca gente botava fé na Snap quando a empresa decidiu abrir o capital na bolsa de valores de Nova York, mas a dona do Snapchat se saiu muito bem no IPO: logo no primeiro dia, as ações pularam de US$ 17 para US$ 28 e deixaram a companhia com valor de mercado de US$ 30 bilhões. Mas isso mudou ontem.

Nesta segunda-feira (10), as ações da Snap estavam sendo cotadas a US$ 16,99 e, pela primeira vez, fecharam o dia valendo menos que no IPO. Enquanto escrevo este parágrafo, os papéis estão caindo mais ainda, sendo vendidos a US$ 15,98, uma queda de 6,08% em relação ao dia anterior.

Isso significa que todos os que investiram na Snap na bolsa estão perdendo dinheiro. E pode piorar: de acordo com o TechCrunch, os funcionários têm um período de 150 dias a partir do IPO no qual não podem vender suas ações; esse prazo acaba no dia 31 de julho. O receio é que muitos tentem se desfazer dos papéis ao mesmo tempo, fazendo o valor despencar.

Por enquanto, a Snap divulgou apenas um relatório financeiro, apresentando receita de US$ 149,6 milhões e prejuízo de US$ 2,2 bilhões no primeiro trimestre de 2017. Os próximos resultados serão liberados em agosto.

Tecnocast 065 – Qual é o limite do plágio?

Tudo começou com uma oferta de compra. O Facebook queria o Snapchat em seu portfólio, mas os fundadores do app acreditavam que ele tinha potencial de valer muito mais em alguns anos. Como não conseguiu fechar a aquisição, o Facebook desenvolveu a sua própria versão do aplicativo. Foram várias e nenhuma vingou.

Demorou um tempo até eles perceberem: o Snapchat é só mais um formato de transmissão de conteúdo. Seu potencial não está em sua base de usuários ou na sua marca, está no formato que inventaram. E um formato é algo muito fácil de se copiar. Vide o conceito de timelines. Mas até onde é válido copiar? Dá o play e vem com a gente.

Ações da Snap estão valendo menos que no IPO

via Tecnoblog

Deixe uma resposta