Samsung Galaxy A7 2017 vs Motorola Moto Z2 Play

Moto Z2 Play

Samsung e Motorola sempre foram fabricantes de destaque, trazendo aos consumidores uma boa gama de aparelhos, o que acrescenta, também, variedade ao mercado. Neste primeiro semestre temos o Moto Z2 Play e Galaxy A7 2017, dois intermediários com preços, especificações e detalhes bem aproximados. Qual dos dois deve conquistar mais o coração dos usuários? Isso é o que a gente vai descobrir agora neste comparativo.

Construção

Fino, leve, elegante e compatível com os Moto Snaps da primeira geração. Assim é o Z2 Play, com 6 mm de espessura e nanorrevestimento resistente à respingos d’água. O corpo de alumínio com acabamento 2.5D na tela não engana: estamos diante de uma geração de intermediários muito robustos.

O Galaxy A7 2017 segue esta mesma linha, sendo muito parecido com o Galaxy S7, por exemplo. Diferente do seu rival, o aparelho traz uma proteção de verdade contra água e poeira. Ele também tem acabamento 2.5D na tela e metal nas laterais, apesar da traseira ser em vidro.

É interessante notarmos duas coisas nestes aparelhos: o posicionamento de alguns componentes. No Z2 Play temos aquela câmera incrivelmente saltada, porém um alto-falante frontal que fica num lugar muito cômodo. O A7 2017 não tem nada de câmera saltada, e deixa o alto-falante na lateral.

O que temos aqui são dois modelos com ótimas estruturas, mas o ponto vai para o A7 2017 pelo simples fato da proteção IP68 estar presente no aparelho. A parte estética não foi considerada, mas ambos também são muito bonitos e confortáveis.

Usabilidade e desempenho

No lado do Z2 Play, encontramos 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento, slot para microSD e o chipset Snapdragon 626 (octa-core 2.2 GHz), com auxílio da GPU Adreno 506.

Já no A7 2017, 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, slot para microSD e chipset Exynos 7880 (octa-core 1.9 GHz), com a GPU Mali-T880MP3 para alimentar os gráficos.

Ambos trazem: NFC, USB-C, leitor biométrico muito rápido e recursos adicionados pelas próprias fabricantes. Temos a presença do Android 7.1.1 Nougat no aparelho da Moto, enquanto que a Samsung manda o A7 2017 de fábrica com Android 6.0.1. Até a data de publicação deste comparativo, o smartphone da Sammy ainda não havia sido atualizado.

Prestaram atenção nas specs? Pois saibam que o Z2 Play leva este ponto por trazer o dobro de armazenamento e 1 GB a mais de RAM, que sim, faz uma bela diferença (principalmente) na multitarefa. Em termos de desempenho, os dois celulares mandam muito bem e atendem perfeitamente os usuários também mais exigentes.

Display e multimídia

Rodando na resolução Full HD (1920 x 1080p), tanto o Z2 Play quanto o A7 2017 trazem painéis Super AMOLED, de 5,5” e 5,7” respectivamente. A pequena diferença de tamanho registra uma densidade de pixels muito aproximada: 401ppi para o da Moto e 386ppi para o da Samsung.

A qualidade das duas telas é muito, mas muito boa. O bom nível de brilho permite que você consiga enxergar o conteúdo mesmo sob luz solar forte, além das cenas escuras que são bem mais imersivas do que em painéis IPS LCD mais simples.

Cores intensas preenchem estes painéis, que abusam do contraste para realçar as cores. Em suma, um empate claro para ambos os aparelhos. A diferença maior está no tamanho, mas aí depende do costume e gosto do usuário. No mais, ainda temos recursos como o Moto Tela, que é mais ou menos parecido com o Always On Display da Samsung.

Câmeras

A Motorola passou de 16 MP para 12 MP nesta nova geração, mas trouxe foco por laser e tecnologia dual autofocus pixel. O sensor frontal, de selfies, traz lente grande angular, capaz de capturar fotos com 5 MP (f/2.2).

Já a Samsung saiu dos 13 MP para 16 MP (f/1.9), mas não tem nenhuma tecnologia específica para focagem. Em locais menos iluminados, principalmente nos internos, ele também não tem a vantagem contra o seu rival. Na frontal, a câmera também segue as mesmas especificações, mas sem a mesma qualidade.

A qualidade das imagens dos sensores principais é muito boa, não exagerando no pós-processamento e nem borrando o que seriam os ruídos. Eles vão aparecer, e principalmente durante a noite. O A7 2017 tem a vantagem de manter mais detalhes, mas devemos acrescentar que ambos fazem belas fotos, de qualquer maneira.

Ok, as duas fabricantes “se esqueceram” que um sistema OIS seria uma adicional lindo para estes modelos, embora isso não comprometa a experiência geral. No mais, o ponto aqui vai para o Z2 Play, que ainda pode gravar em 4K e tem o flash frontal para ajudar nas selfies.

Bateria e acessórios

A Motorola foi de 3.510 mAh para 3.000 mAh. O Z2 Play não tem o mesmo brilho, mas segue com ótima autonomia e com carregamento rápido. Já o seu rival tem 3.600 mAh de bateria e também é compatível com carregamento rápido.

Em nossos testes, reproduzindo conteúdo por streaming, o Z2 Play registrou uma descarga média de 10% por hora, enquanto que o A7 2017 passou pela mesma brincadeira com 11% de descarga por hora. Diferença mínima entre eles, e na prática você sente que as coisas são bem igualitárias para ambos.

Não dá para negar que com esses dois caras você vai ter uma autonomia bacana, sem preocupações ou limitações ao longo do dia. Este é o caso de considerarmos um empate entre eles, dado o desempenho parecido deles.

Mas aqui vai uma nota rápida sobre o Z2 Play: temos o Snap de bateria da Incipio, que acrescenta mais 2.220 mAh ao aparelho. Como ele é um acessório, não vamos considerá-lo para este comparativo.

Preço

Chegamos no momento onde o bolso não pode sofrer, mas nós vamos considerar os preços oficiais de cada fabricante:

  • R$ 1.999 para o Moto Z2 Play;
  • R$ 2.299 para o Galaxy A7 2017.

Embora a diferença não seja gritante, tenha em mente que os bundles Sound e Power Edition do Z2 Play custam R$ 2.199, por exemplo, acrescentando um som mais bacaninha ou mais bateria ao smartphone. Sendo assim, ponto para ele.

Quem ganha?

Chegamos ao final dessa bela disputa com um resultado bem definido entre os intermediários da Motorola e Samsung.

  • 3 pontos para o Galaxy A7 2017: construção, display e multimídia, bateria;
  • 5 pontos para o Moto Z2 Play: usabilidade + desempenho, display e multimídia, câmeras, bateria, preço.

Não dá pra negar que esses caras são ótimos produtos, com destaques claros no design, bateria, telas e desempenho. A compra de qualquer um deles pode ser justificada se você estiver interessado em algum dos modelos, mas leve em consideração as apostas de cada fabricante.

Um deles é fininho e traz os Moto Snaps na família; já o outro tem certificação IP68 e é tão elegante quanto o primeiro. Mas e você, qual levaria para casa?

via Canaltech

Deixe uma resposta