Pesquisadores criam protótipo de celular que funciona sem bateria

Os smartphones atualmente têm um problema de bateria: ela dura muito menos que nos celulares comuns de antigamente. As fabricantes vêm tentando resolver isso de algumas formas, usando processadores mais eficientes e implementando recursos de software que economizam energia.

Pesquisadores da Universidade de Washington analisaram outro ângulo desse problema: as ligações — sejam tradicionais ou por VoIP — ainda consomem muita energia. Por isso, eles criaram um protótipo tão eficiente que nem precisa de bateria.

O protótipo faz ligações via Skype, e requer apenas 3,5 microwatts para funcionar. Ele obtém energia ambiente a partir de sinais de rádio, e também possui uma célula solar com “aproximadamente o tamanho de um grão de arroz”.

Segundo os pesquisadores, celulares consomem bastante energia durante ligações porque precisam converter áudio analógico para dados digitais. Como contornar isso? A solução está no microfone e no alto-falante: eles usam pequenas vibrações para codificar os sinais de entrada e de saída.

Funciona assim: primeiro, uma estação-base emite um sinal padrão de rádio analógico. Então, você fala ao celular, produzindo movimentos no microfone e alto-falante. Uma antena no protótipo converte esses movimentos em mudanças no sinal emitido pela estação-base. Este processo codifica a voz em sinais de rádio de uma forma que usa pouquíssima energia.

Há algumas limitações, no entanto. A qualidade do som não é ótima, e o aparelho não consegue enviar e receber áudio simultaneamente — o usuário precisa segurar um botão ao falar, tal como um walkie-talkie.

O protótipo é bem simples, basicamente uma placa de circuito com botões de toque capacitivo. Os cientistas querem adicionar alguns recursos no futuro, como uma tela e-ink e suporte a criptografia.

O aparelho transmite os sinais para uma estação-base especial a 15 m de distância, que também fornece parte da energia para o protótipo. Vamsi Tall, coautor do estudo, diz em comunicado que a tecnologia dessa estação-base poderia ser integrada a roteadores, para permitir celulares que quase não consomem energia durante ligações.

Com informações: Universidade de Washington, The Next Web.

Pesquisadores criam protótipo de celular que funciona sem bateria

via Tecnoblog

Deixe uma resposta