Watson vai prever quais são as melhores partidas para a Copa Wimbledon

Nosso supercomputador favorito continua a impressionar o público mesmo depois de tantos anos. Agora, a IBM quer colocar Watson para tentar mais uma de suas façanhas: ajudar os espectadores da Copa Wimbledon. Para tal, a empresa está disponibilizando um assistente virtual chamado Fred, que vai ajudar o público com informações de navegação pelas quadras, locais onde encontrar lanchonetes e lojas ou até saber quem está jogando durante o evento.

Obviamente, todo o poder desse supercomputador não vai ser usado para apenas isso. Assim, Watson também será encarregado de prever quão acirrada uma partida será através de uma métrica assim chamada pelos desenvolvedores de “margem competitiva”. A ideia, com isso, é comparar o desempenho dos jogadores e analisar as estratégias mais prováveis a serem usadas por eles – bem como determinar quem tem mais chances de vencer.

Com o Watson, evento quer criar combinações de partidas que têm maiores chances de serem interessantes para o público

Tudo isso, por sua vez, vem para ajudar o clube onde a Copa Wimbledon acontece, já que assim é possível criar combinações de partidas que têm maiores chances de serem interessantes para o público. E o Watson ainda deve criar os destaques das partidas automaticamente com a ajuda das postagens feitas pelos espectadores nas mídias sociais e a análise facial dos jogadores, em um processo que levaria apenas meia hora.

Vale notar, por fim, que essa não é a primeira vez que vemos Watson ser usado para esse evento. Como notado pelo jornal Bloomberg, ainda no ano passado o supercomputador da IBM foi colocado para analisar as expressões do público na competição, para que sua inteligência artificial conseguisse aprender a prever que jogador aquela pessoa apoiava.

São passos pequenos para nós, é claro. Mas, para evoluir o funcionamento da inteligência artificial, trabalhos como esse podem ser surpreendentemente eficientes.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta