Tecnologia permite comprar produtos de filmes e séries sem pausar programação

Assistir TV

Uma nova proposta que cria um novo canal de receitas financeiras para emissoras, serviços de streaming, e-commerces e produtores de conteúdo independente chegou ao Brasil. A Cinemall, empresa americana de T-Commerce, permitirá que os espectadores possam adquirir produtos em tempo real enquanto assistem a filmes, seriados e shows de TV. O novo conceito é fruto de uma pesquisa de mais de três anos realizada em San Francisco, nos Estados Unidos.

A Cinemall ativará seu serviço inicialmente na versão mobile e desktop, com a expectativa de expandir rapidamente para aplicativos, OTT e Smart TV`s, dando aos usuários a possibilidade de adquirir produtos como a jaqueta do Rocky Balboa, o terno Armani usado por James Bond entre muitas outras coisas. Os produtos serão exibidos por meio de uma tela interativa, proporcionando ao usuário uma experiência de aquisição prática e confortável.

Um ícone da Cinemall é exibido no canto esquerdo da tela permitindo que o usuário compre qualquer produto que esteja sendo exibido, desde itens eletrônicos, figurino dos apresentadores e entrevistados, objetos de cena e outros. Ao realizar o login para efetuar a compra, todo o processo acontece dentro da plataforma Cinemall, o que permite que o usuário possa continuar a assistir seu conteúdo favorito sem ter de deixar o canal. E-commerces e marketplaces ficarão responsáveis pela logística de entrega dos produtos.

De acordo com Anselmo Martini, vice-presidente de Marketing Global do grupo CinemallTec, atualmente "existe uma demanda de consumidores que estão ávidos por novas experiências e facilidades que permitam ao espectador fazer parte desse novo mundo, não só com acesso aos conteúdos desejados em tempo real, mas também como novas oportunidades de maximizar sua experiência multiplataforma". Para as empresas, geradores de conteúdo e emissoras o interesse está em "atender os interesses dos espectadores e maximizar sua receita fornecendo novas oportunidades de marketing para as marcas e produtos, sem prejudicar a experiência de entretenimento do mercado consumidor", explicou Martini.

O crescimento da TV Digital no Brasil somado ao desenvolvimento constante de novas tecnologias ligadas ao entretenimento colabora para o crescimento do mercado de T-Commerce no país. Martini afirma que essas novidades precisam ser mais exploradas no Brasil. "A TV Digital conta com muitos recursos que permitem uma maior interatividade, e precisamos explorá-los, sendo o T-Commerce uma delas, uma tecnologia que une dois grandes mercados".

via Canaltech

Deixe uma resposta