Cuidado: apps de namoro podem fazer você não gostar mais de ninguém

Se você é daqueles ou daquelas que tem um vício imenso com o Tinder e não para de arrastar fotos para esquerda e para a direita no app, cuidado: um estudo chegou à conclusão que quem usa muito esses aplicativos de encontros pode ficar exigente demais com os outros, ou seja, pode começar a achar que ninguém é atraente o suficiente.

Uma equipe de pesquisadores da Universidade do Kansas fez um teste com 130 pessoas, 65 homens e 65 mulheres, todos heterossexuais. Para analisar a percepção de aparência das pessoas, fizeram três experimentos com grupos separados.

Mãos na massa

Quem passou por um processo de avaliação de fotos antes de encontrar outra pessoa acabou dando notas baixas para outras características sociais, como carisma

O primeiro grupo deu notas para fotos de homens ou mulheres e depois se encontrou com uma dessas pessoas. O segundo deu notas também, mas se encontrou, posteriormente, com alguém que não aparecia nas fotos. O terceiro se encontrou com uma pessoa do sexo oposto, ou seja, pela qual teria alguma atração, mas sem antes ter avaliado nenhuma fotografia.

O resultado, apesar de apresentar números não muito diferentes, mas já suficientemente diversos para serem considerados, mostrou que quem passou por um processo de avaliação de fotos antes de encontrar outra pessoa acabou dando notas baixas para outras características sociais, como carisma, o fato da pessoa ser divertida ou engraçada, entre outros.

Pessoas superficiais demais

Segundo os pesquisadores, isso pode parecer engraçado, mas é algo consideravelmente sério. O que acontece é que a mente humana acaba se acostumando a “julgar” pessoas apenas pela ação de gostar ou não de uma foto e dar uma resposta positiva ou negativa. Isso faz com que as pessoas percam um pouco do tato necessário para se conhecer uma pessoa mais intimamente, como acontece nos métodos mais tradicionais de se conseguir um parceiro ou parceira.

A dica dos pesquisadores é essa: vá devagar, demore mais, veja outras fotos e leia mais sobre a pessoa

Quanto mais rápido você decide se um usuário ou usuária desses aplicativos interessa a você, usando menos critérios, mais sujeito a desconsiderar tratos sociais você fica, o que torna todo mundo muito mais desinteressante para você. A dica dos pesquisadores é essa: vá devagar, demore mais, veja outras fotos e leia mais sobre a pessoa. Assim, essa relação se torna um pouco mais humana do realmente é.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta