Moovit quer ajudar trânsito de São Paulo com caronas no próprio app

Moovit Carpool

Com mais de 60 milhões de usuários até a presente data, o aplicativo Moovit vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil, abrindo portas para que novos recursos e serviços sejam adicionados.

Na última semana, o Moovit Carpool deu as caras por aqui. O Brasil é o primeiro país da América Latina a receber o serviço de caronas, e a boa notícia é que as primeiras corridas serão pagas pelo aplicativo.

Hoje, o Moovit é o aplicativo de mobilidade urbana número 1 do mundo, e embora o recurso ainda esteja em versão beta, a ideia é reduzir o número de bancos vazios nos carros particulares, ajudando o “pequeno” probleminha de São Paulo e seus mais de 6 milhões de veículos – segundo estatísticas do Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo).

“Atualmente, temos uma quantidade considerável de carros rodando no mundo. Boa parte desses carros leva apenas uma pessoa, deixando os outros assentos livres. Esta é uma poderosa fonte de transporte ‘público’ disponível hoje em dia para as pessoas, mas que não é utilizada", explicou Itay Gil, VP de monetização do app. Ele veio ao Brasil explicar como tudo funciona e também está por trás da modalidade, que já é aplicada em outros países ao redor do mundo.

Como funciona o Moovit Carpool

Você já deve ter ouvido falar de outros serviços de compartilhamentos de corridas. O Uber Pool é um desses, porém não se assemelha ao da Moovit. Aqui, porém, não existe uma fórmula para que os motoristas lucrem com a aplicação, embora os custos sejam repartidos entre as duas partes. Por custos, lê-se o básico, como a distância percorrida e gasolina, por exemplo.

“O pagamento é feito por cartão de crédito”, explica o executivo, acrescentando que os usuários utilizam o Facebook para realizar os cadastros. “Digamos que você more em Guarulhos e venham para São Paulo trabalhar todos os dias. Você pode colocar a rota que faz no cotidiano e talvez um vizinho seu também o faça, mas você não sabe. Com o Carpool, a corrida é dividida, os gastos são divididos e os motoristas não saem de suas rotas.”

Os motoristas precisarão baixar um aplicativo separado, enquanto que os passageiros utilizarão o próprio app do Moovit. Ainda no cadastro, os motoristas deverão incluir informações como o modelo do carro, cor e placa, CPF e dados bancários (que serão utilizados para as transações).

Vale ressaltar que o Moovit Carpool está disponível apenas para Android e iOS. No lado dos passageiros, é só buscar por um itinerário e, se houver alguém por perto oferecendo caronas para a mesma região, ele irá ser exibido no mapa.

Qualquer carro pode participar?

Aparentemente, qualquer carro pode participar do Carpool. “Você tem que imaginar que são pessoas normais indo para os seus trabalhos. Eles não trabalham com isso e só podem fazer duas corridas por dia: uma pela manhã, outra pela tarde, por exemplo", diz o executivo. Itay ainda explica que, “se você entra em um carro que está em má condições (ou até mesmo sujo), você pode dizer isso para os outros usuários da comunidade.”

Existe, assim como em outros apps de caronas, uma espécie de sistema de pontuação, onde você pode, entre outros, deixar notas sobre a sua corrida. Isso faz com que os motoristas e passageiros sejam avaliados ao fim de cada corrida.

E não há lucro nestas corridas. No máximo, três pessoas poderão ir em cada carro, e o valor que será recebido pelo condutor será sempre menor que o custo total da viagem. A ideia de economia para quem dirige combina perfeitamente com quem não tem um carro mas precisa de uma carona.

O Moovit Carpool ainda está em fase beta e pode não funcionar corretamente. A quantidade de motoristas ainda é baixa, mas a adoção já foi iniciada. Você, inclusive, pode deixar seu itinerário salvo e pegar a mesma carona todos os dias, ou então pode compartilhar a rota com outras pessoas que utilizam o mesmo trajeto.

De fato, o serviço da Moovit pode ser uma grande ajuda, mas ele só estará disponível inicialmente na região metropolitana de São Paulo. “Nós vamos nos focar neste território antes de partirmos para outras regiões”, disse Itay, sem eliminar a possibilidade de expansão para outras cidades do país.

Vale lembrar ainda que informações importantes, como o número de telefone (que precisa ser verificado), só são reveladas quando uma corrida é reservada.

via Canaltech

Deixe uma resposta