Atenção: comprar ações da Snap pode ter sido um negócio nada lucrativo

Depois de um desempenho inicial bastante interessante na Bolsa norte-americana, a Snap pode estar sofrendo seu primeiro grande revés desde que optou pela abertura de capital da empresa. Enquanto em março as ações da dona do Snapchat operaram na casa dos US$ 25 (R$ 82,15), agora elas estão no mesmo nível das ofertas iniciais prevista para esses papéis.

Segundo os dados econômicos divulgados esta semana, as ações da companhia estão em queda e agora são negociadas na faixa dos US$ 17 (R$ 55,86) – uma queda substancial para qualquer acionista preocupado com seus investimentos.

Os gráficos dizem tudo sobre a situação da Snap

Isso parece reforçar ainda mais a ideia que tanto investidores quanto analistas não confiam muito no futuro e no desempenho da Snap – seguindo uma tendência similar ao que acontece com o Twitter, preservadas as escalas, claro. Esse sentimento não é infundado, já que um estudo recente mostra que o app de troca de fotos e vídeos – que é o carro-chefe da casa – apresentou uma queda de 40% de downloads nos últimos tempos.

Resta saber se isso vai convencer os acionistas

Para combater esse quadro e a má repercussão desse tipo de notícias, a marca vem explicando que a baixa no crescimento de usuários não é algo ruim, já que o público fiel à plataforma continua sendo bastante engajada. Resta saber se isso vai convencer os acionistas. Vale notar que, como bem aponta o TechCrunch, a má fase da Snap pode prejudicar a busca de talentos no mercado, já que muitos profissionais poderiam não querer “manchar” o currículo com uma empresa que pode ter um caminho bem complicado pela frente.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta