Duas vezes o Walmart: ação da Amazon bate US$ 1 mil

O varejo mudou bastante nos últimos anos e o maior responsável por isso tem nome: Bezos, Jeff Bezos. O fundador da Amazon teve muito o que comemorar essa semana. As ações da empresa atingiram o valor de US$ 1 mil (cerca de R$ 3,2 mil na cotação atual) na última terça-feira (30).

Assim, o valor de mercado da companhia atingiu os US$ 478 bilhões. Como medida de comparação, o Walmart, um dos grandes cases de sucesso no varejo da história, é avaliado em US$ 236 bilhões.

A comparação é interessante, já que o Walmart é líder em vendas em lojas físicas no mundo. Foi fundado em 1962 e possui milhares de unidades – só no Brasil são 11 mil.

Durante anos, a Amazon perdeu dinheiro. Hoje, é duas vezes maior que a concorrência tradicional 

A Amazon, por outro lado, iniciou suas operações em 1994. Além do e-commerce, a empresa diversificou a atuação para outras áreas, como serviços B2B e o streaming de filmes e séries online Amazon Prime. É importante destacar que, durante anos, a empresa perdeu dinheiro. Agora, deixou a concorrência para trás, bem para trás. O varejo online ainda é responsável por boa parte dos ganhos da empresa de Bezos, representando 43% do faturamento.

O valor de US$ 1 mil por ação é um marco, mas poderia ser maior. Se a empresa não tivesse emitido tantos papéis nos últimos anos, algo que muitas companhias fazem para manter os preços acessíveis, a ação valeria de US$ 12 mil.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta