Usuários de iPhone relatam problemas com bateria após atualização do iOS

No último dia 15, a Apple liberou a atualização 10.3.2. do iOS, de forma a corrigir falhas e bugs no sistema operacional rodando em iPhones, iPads e iPods. Como sempre, entretanto, na medida em que resolve alguns problemas, o update também trouxe sua série de dores de cabeça para os usuários, que parecem atingir no elemento mais crítico – a bateria.

Desde o lançamento, há duas semanas, os relatos se acumulam nas redes sociais e canais de suporte da Maçã, com informações sobre falhas na detecção e exibição da quantidade de energia restante no aparelho. Alguns usuários contam, por exemplo, que viram seus iPhones desligarem como se a bateria estivesse acabado, enquanto, na tela, o iOS ainda mostrava cerca de 40% restante.

Falhas no religamento dos smartphones, e, pior ainda, durante o próprio processo de atualização também estariam acontecendo. Os problemas no gerenciamento de energia estariam impedindo celulares de inicializarem sem que estivessem conectados à energia, em uma falha que deixou muita gente assustada sobre eventuais problemas de instalação ou corrupção de dados.

Surgem ainda informações sobre uma dificuldade ainda maior na conexão entre os dispositivos e dispositivos Bluetooth – algo bastante sério quando se leva em conta que o iPhone 7 tem esse método como o principal para uso de fones de ouvido – e um lag no funcionamento para aparelhos mais antigos. Os relatos sobre tais questões, entretanto, aparecem em menor escala, indicando se tratarem de problemas mais pontuais.

Por enquanto, a Apple não se pronunciou sobre o caso nem lançou uma nova atualização para o sistema operacional. Enquanto isso, os usuários estão deixados à própria sorte para, pelo menos, tentarem resolver as falhas utilizando métodos como a redefinição de todos ops ajustes, por meio do menu de configurações, ou a restauração completa do dispositivo, com aplicação de backup para que nenhum dado seja perdido.

Felizmente, até o momento em que essa reportagem é escrita, o downgrade para a versão 10.3.1 do iOS ainda é permitido pela Apple, um recurso que pode deixar de existir a qualquer momento. O processo já foi descrito em um tutorial no Canaltech e exige o uso do iTunes para ser validado.

Em último caso, o ideal é levar seu aparelho a uma loja da Apple ou consultar o serviço de assistência técnica. Em casos como este, a empresa costuma prestar auxílio aos clientes mesmo que seus aparelhos não estejam mais cobertos pela garantia.

Fonte: Gotta Be Mobile

via Canaltech

Deixe uma resposta