Sistema de defesa dos EUA contra mísseis impede ataque de teste com sucesso

Um míssil interceptador lançado a partir do solo da base de Vandenberg da Força Aérea dos Estados Unidos conseguiu acertar e destruir um alvo lançado a partir das ilhas Marshall, segundo a agência de defesa contra mísseis do país. O feito foi resultado do primeiro teste do sistema de defesa nacional dos EUA contra mísseis, que teve sua eficiência avaliada contra um alvo que, segundo a instituição, era complexo e representava a mesma ameaça de um míssil balístico intercontinental – do tipo que vem sendo testado pela Coreia do Norte.

O objetivo da demonstração foi mostrar claramente que o país é capaz de se defender contra um ataque do tipo usando seu sistema de defesa em meio curso com base no solo (GMD, na sigla em inglês). Ao mesmo tempo, o teste permitiu que um componente recém-atualizado do sistema fosse experimentado.

O GMD empresa uma série de sensores espalhados pela terra, mar e espaço. Juntos, esses componentes conseguem detectar lançamentos de mísseis hostis e rastreá-lo em pleno voo. Em teoria, isso permite que os centros de controle nos EUA possam usar essa informação para guiar um míssil interceptador para detonar a arma inimiga enquanto ela ainda não pode ferir ninguém. Ainda será necessário fazer muitos outros testes antes que o sistema possa ser efetivamente colocado em ação – mas pelo menos o míssil norte-coreano também não está pronto.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta