Parlamento alemão define regras para testes de carros autônomos

Graças a uma lei aprovada pelo parlamento e pela chanceler Angela Merkel, a Alemanha finalmente deve começar a realizar testes abrangentes de veículos autônomos. O documento exige que qualquer veículo do tipo tenha um motorista sentado atrás de seu volante, cujo propósito é tomar controle em situações imprevistas ou para evitar acidentes.

A aprovação da lei é especialmente importante quando levamos em consideração a força da indústria automobilística no país, que é casa da Volkswagen, da Daimler e da BMW — todas elas responsáveis por grandes investimentos em carros autônomos. Antes da regulamentação, elas eram forçadas a conduzir testes em países estrangeiros, como os Estados Unidos.

Além do motorista (que poderá tirar suas mãos do volante), a legislação exige que cada veículo de teste possua uma caixa-preta que registre detalhes sobre o trajeto realizado e os momentos em que a intervenção humana foi necessária. O motorista vai responder por qualquer acidente causado por ele, sendo que a fabricante se torna a responsável quando a ocorrência decorre de uma falha em seus sistemas.

Em aproximadamente dois anos a lei deve sofrer revisões para se adaptar a avanços tecnológicos que tenham ocorrido durante o período. Uma aposta cada vez maior de montadoras ao redor do mundo, o universo dos carros autônomos só deve se tornar acessível aos consumidores em geral a partir de 2020, quando os primeiros modelos comerciais devem começar a ser lançados.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta