Dell anuncia novos all-in-one com tela infinita

Dell Inspiron 24 5000

A Dell anunciou o lançamento de uma nova família de computadores all-in-one, tendo como principal destaque a chegada de sua tecnologia de tela infinita também a essa categoria de produtos. Os modelos Inspiron 27 7000 e Inspiron 24 5000 unem versatilidade e poucos fios a um alto poder de processamento, sendo voltados para dois nichos específicos de consumidores.

O grande destaque de ambos os produtos é o uso de uma tecnologia que a Dell chama de InfinityEdge, já disponível em displays de alta performance da marca. Voltada inicialmente para profissionais das artes visuais, a funcionalidade chega agora a um público maior trazendo suas bordas de 5,3mm nas laterais e parte superior. A parte inferior, claro, é um pouco maior que nos monitores da linha, já que ali estão também os alto falantes e controles.

O mais potente chega para suprir uma lacuna sentida pelos gamers, que não contam com muitas opções de all-in-ones no mercado. O Inspiron 27 7000 é um tudo em um voltado para experiências de realidade virtual, trazendo opções de processadores AMD Ryzen e placas de vídeo da família Radeon RX 500, além de todas as entradas e conexões necessárias para uso de dispositivos como o Oculus Rift ou o HTC Vive. O display, como o modelo indica, é de 27 polegadas.

Em sua versão mais barata, que sai por US$ 1 mil (cerca de R$ 3,3 mil), o modelo traz GPU Radeon RX560, 4 GB de memória RAM e processador Ryzen 5 1400. É a alternativa básica, mas ainda capaz de apresentar boa performance em VR e títulos mais pesados rodando a 30 frames por segundo de forma estável em alta resolução. As configurações vão até a casa dos US$ 1,5 mil (quase R$ 5 mil em conversão direta), com tela 4K HDR, placa RX 580 de 8 GB e CPU Ryzen 7 1700.

No espectro mais barato está o Inspiron 24 5000, voltado para os aficionados pelo consumo de mídia. A tela de 23,8 polegadas permite a visualização do conteúdo otimizado por uma tecnologia chamada SmartByte, que tenta evitar ao máximo as interrupções para carregamento ao priorizar o tráfego de streaming, deixando todas as outras tarefas conectadas da máquina em segundo plano.

Na opção básica, o computador vem com processador AMD Ryzen de sétima geração e placa de vídeo Radeon RX560. Ela custa US$ 700, aproximadamente R$ 2,3 mil, mas possui opções de configurações que levam o valor à casa dos US$ 1 mil, cerca de R$ 3,3 mil em uma conversão direta, sem contarem os impostos.

Não é um modelo voltado para games, claro, mas a Dell também indica o PC para quem não deseja gastar tanto em um modelo de ponta ou não deseja aproveitar a revolução da realidade virtual. A promessa, aqui, é de jogos de destaque rodando em configuração média ou alta a uma taxa de 30 quadros por segundo, de acordo com o título.

Em ambos, existem também opções de armazenamento interno convencional e em SSD, com discos que podem chegar a até 2 TB de armazenamento. A Dell também garante facilidade no upgrade, algo incomum quando se fala em computadores tudo em um, com discos rígidos e placa-mãe sendo facilmente acessados pela parte traseira.

Os produtos já estão disponíveis em mercados como China e Estados Unidos e devem chegar a outras regiões nas próximas semanas. Datas para o Brasil, bem como os preços a serem aplicados por aqui, entretanto, não foram reveladas.

Fontes: MS Power User, Engadget

via Canaltech

Deixe uma resposta